Assine Já
sexta, 10 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 320 Confirmados: 3310 Óbitos: 194
Suspeitos: 320 Confirmados: 3310 Óbitos: 194
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 528 19
Saquarema 23 541 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
servidor

Dia do Servidor será marcado por protestos

Condições de trabalho e atrasos no salário irritam trabalhadores

27 outubro 2016 - 19h42Por Gabriel Tinoco I Foto: Arquivo Folha
Dia do Servidor será marcado por protestos

Não há muito o que festejar neste Dia do Servidor, ‘comemorado’ hoje, mas, mesmo assim, eles mostraram que não esqueceram a data. Os servidores vão às ruas no ato-baile, hoje, na Praça Porto Rocha, no Centro, às 16h. Os manifestantes protestarão contra os atrasos no salário e a falta de condições de trabalho na atual gestão.

– Estaremos realizando um ato que chamamos de baile do servidor. Isso porque, em toda a farra com a verba pública,  só quem dança é o cidadão.  Estaremos coletando alimentos no local, para poder tentar minimizar um pouco toda essa situação – afirma a diretora de imprensa do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe), Denise Teixeira.

A servidora Denize Alvarenga, 48, está angustiada por não ter recebido o pagamento de agosto.

– O Dia do Servidor será bastante triste. Tenho 29 anos de servidora municipal. Passei por alguns governo e experimentei muitas sensações. Vivi momentos de euforia nos áureos tempos do dinheiro jorrando e festas e prêmios em datas como esta. Jamais imaginei que passaria o dia do servidor, em 28 de outubro, sem meu salário de agosto. É desrespeitoso, humilhante, degradante e cruel – desabafa.

Denise Teixeira faz questão de relembrar os direitos não pagos pelo atual governo.

– O servidor público do município de Cabo Frio não tem o que comemorar. Afinal, estamos há quase três meses sem pagamento,  sem décimo terceiro de 2015, sem vale-transporte,  sem terço de férias e com todos os nossos direitos negados. Chegamos ao fundo do poço. Temos servidores sem ter como pagar aluguel, luz e comprar mantimentos.

O presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde (SindiSaúde), Gelcimar Almeida, o Mazinho, estava indignado.

– Desejar feliz Dia do Servidor não tem como. Estão todos tristes, sem pagamento, sem previsão do salário de setembro. Estamos devendo bancos, cartões, aluguéis. Muitos estão sem ter o que comer em casa. E o prefeito brincando de ser prefeito. Ao longo de 27 anos de prefeitura, nunca vivi situação parecida, a não ser em 88, no governo do próprio Alair. Jamais imaginei passar por isso. Como comemorar o dia do servidor? Vamos comemorar com um ato.