Assine Já
segunda, 20 de setembro de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50688 Óbitos: 2057
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6182 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14015 822
Iguaba Grande 5355 134
São Pedro da Aldeia 6830 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
IBGE

Desemprego alcança 8,9% no terceiro trimestre, aponta pesquisa do IBGE

Número é o maior desde o começo da medição da taxa, em 2012

24 novembro 2015 - 11h39

O desemprego no país alcançou 8,9% no terceiro trimestre (julho, agosto e setembro) de 2015, informou hoje (24) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a maior taxa da série iniciada em 2012. No trimestre anterior (abril, maio e junho), o indicador estava em 8,3%.

Os dados divulgados, que fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua Trimestral (Pnad Contínua), indicam que a população desocupada no Brasil chegou a 9 milhões de pessoas.

A população ocupada, no terceiro trimestre, corresponde a 92,1 milhões de pessoas. A pesquisa indica, ainda, que cerca de 35,4 milhões de pessoas tinham, no terceiro trimestre, carteira de trabalho assinada no setor privado.

No terceiro trimestre do ano passado a taxa de desocupação foi 6,8%. A Bahia foi o estado que teve a maior taxa de desocupação (12,8%) e Santa Catarina a menor (4,4%). Entre os 27 municípios das capitais, Salvador registrou a maior taxa de desemprego (16,1%) e o Rio de Janeiro a menor (5,1%).