Assine Já
sábado, 23 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
EM MEIO À PANDEMIA

Depois de Búzios, São Pedro da Aldeia também suspende contratos de professores

Secretaria de Educação afirmou que profissionais serão recontratados assim que aulas forem retomadas

04 abril 2020 - 09h15Por Redação

Seguindo o exemplo de Armação dos Búzios, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia também resolveu dispensar os professores e demais servidores da Educação que trabalhavam em regime de contrato temporário. O anúncio da assinatura do decreto que dispensa os profissionais foi feito no fim da noite desta sexta-feira (3) na página oficial da Prefeitura no Facebook.

Assim como em Búzios, a justificativa para a suspensão dos vínculos é a paralisação das aulas, em função da pandemia do novo coronavírus. A Secretaria de Educação afirmou que todos os servidores retornarão aos postos de trabalho, assim que as atividades forem retomadas, o que não tem prazo para acontecer. 

O anúncio foi recebido com indignação pela categoria, horas depois da medida também tomada pelo governo buziano. A grande preocupação dos trabalhadores é quanto ao sustento das suas famílias num momento de vulnerabilidade financeira como o atual. O Sindicato dos Profissionais da Educação que atua no município (Sepe Costa do Sol) prometeu mobilização contra a medida.

"A condução da situação por meio desta medida, muito provavelmente ocorrerá em escala regional, ao que percebemos, os municípios vizinhos seguirão o mesmo caminho. Por esta razão, precisamos neste momento pensar em uma mobilização conjunta, união de forças e estratégias interligadas, a fim de garantirmos a manutenção do sustento destes trabalhadores. Estamos nos calçando de todas as formas possíveis para atuarmos efetivamente de forma a amenizar os efeitos do momento pelo qual estamos passando e nos colocamos a disposição para maiores esclarecimentos e sobretudo, pensarmos e lutarmos juntos", diz comunicado na página do Sepe Costa do Sol, no Facebook. 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.