Assine Já
quinta, 24 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
Alerj2
Alerj3
TEMPO REAL Confirmados: 43614 Óbitos: 1679
Confirmados Óbitos
Araruama 10812 339
Armação dos Búzios 5233 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11637 622
Iguaba Grande 4486 107
São Pedro da Aldeia 5916 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
morte

Demora no socorro leva a morte de ambulante em bar de Cabo Frio

Jovem teria passado mal após beber um açaí e corpo ainda permanece no local

29 janeiro 2015 - 12h30Por Texto e Foto: Rosana Rodrigues
 
 Demora no socorro leva a morte de ambulante em bar de Cabo Frio
A demora na prestação de socorro levou a morte do vendedor ambulante Raphael Valpoto, de 28 anos, na manhã desta quinta-feira (29).  Ele começou a passar mal dentro o Bar da Helena, na Avenida Teixeira e Souza 877, ao lado da funerária Boa Viagem, no bairro Vila Nova, em Cabo Frio, onde tomava um açaí. De acordo com testememunhas, que pediram socorro ao Corpo de Bombeiros de Cabo Frio, os profissionais da área médica da corporação chegaram ao local somente 40 minutos depois do chamado. Os militares mobilizados tiveram que se deslocar do Destacamento do Corpo de Bombeiros, já que a unidade central estaria com outras ocorrências pela cidade. 
Não bastasse a demora no atendimento, o corpo de Raphael ainda permanece no local, pois aguarda a remoção até o momento. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), a funcionária do órgão informou que a morosidade é devido aos trâmites legais, já que a remoção só é feita após o registro policial na delegacia. Como o IML não conta com veículo próprio, a retirada do corpo é feita pela Defesa Civil. O jovem, que era natural de Matogrosso, era morador de rua e sobrevivia da vendas de picolé.