Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
delegada

Delegada pede à população para formalizar depoimentos sobre a morte do professor Trajano 

Autor do crime já foi identificado

30 junho 2014 - 18h36
 
Delegada pede à população para formalizar depoimentos sobre a morte do professor Trajano 
A delegada titular Flavia Monteiro da 126ª DP (Cabo Frio) encaminhou pedido ao Serviço de Disque Denúncia a fim de que os informes anônimos sobre o assassinato do professor João Trajano, ocorrido no dia 5 de junho, sejam encaminhados formalmente para a sede policial. Segundo a delegada, as investigações apontam para o autor do crime, que já foi identificado, devido às várias informações com o mesmo teor, que chegaram à delegacia. 
- Precisamos de depoimentos para incorporar aos autos e obtermos o mandado de prisão. É necessário que as pessoas compareçam à sede da DP para formalizar as circunstâncias da morte do educador e, assim, as informações possam ser incorporadas ao inquérito policial. 
A delegada comentou ainda já enviou para o Tribunal de Justiça representações de prisão de cinco pessoas ligadas a homicídios que envolvem a guerra do controle do tráfico na cidade, inclusive à que se refere ao caso de duas mulheres que foram baleadas e tiveram os corpos queimados na comunidade do Jacaré, no início de maio.  Na ocasião, a polícia informou que elas teriam envolvimento com uma facção rival à que controla o tráfico no local. 
- Dependemos da decisão da Justiça. Já identificamos os autores dos crimes, agora estamos aguardando a expedição do mandado de prisão para que possamos prender os criminosos – disse a delegada.