Assine Já
segunda, 03 de agosto de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
11ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 4520 Óbitos: 258
Confirmados Óbitos
Araruama 718 47
Armação dos Búzios 354 9
Arraial do Cabo 112 12
Cabo Frio 1479 85
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 720 32
Saquarema 803 50
Últimas notícias sobre a COVID-19
INSPEÇÃO DE SEGURANÇA

Defesa Civil encontra seis carrinhos com problemas no primeiro dia de blitz na Praia do Forte

Em cinco foram feitas as modificações exigidas, outro teve que ser retirado da areia

14 dezembro 2019 - 19h42Por Rodrigo Branco

Conforme a Folha antecipou, agentes da Defesa Civil e da Coordenadoria de Posturas de Cabo Frio fizeram neste sábado (14), na Praia do Forte, a  primeira de uma série de ações de fiscalização nos carrinhos dos vendedores ambulantes nas praias do município. A medida foi tomada depois que um carrinho pegou fogo no Forte, nesta sexta (13).

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Márcio Soren, seis carrinhos estavam fora das especificações de segurança exigidas. Cinco deles tinham problemas mais simples e, depois de corrigidas as falhas, puderam voltar ao trabalho. No entanto, um tinha problremas mais sérios e teve que ser retirado da areia. Soren disse que nessa primeira fase das fiscalizações não haverá apreensões de material.

 – Fizemos uma blitz, mas uma blitz educativa. O intuito não foi apreender até porque não foram vistoriados todos os carrinhos. Foram só 121, o que é aproximadamente um terço do que existe em Cabo Frio. Fizemos de ponta a ponta na Praia do Forte, com a Postura até para os fiscais verem do que se trata – disse o coordenador, antecipando que haverá 'três ou quatro' outras blitz na próxima semana.

Contudo, a uma semana do verão, o calendário está apertado para que tudo fique resolvido antes da alta temporada. Incicilmente encerrada na sexta (13), a vistoria nos carrinhos será feita nos próximos dias, mas ainda sem datas marcadas, a não ser em Tamoios, na próxima quinta (19). Também está prevista a realização de um treinamento dos ambulantes de combate a incêndio. Entretanto, essas ações estão condicionadas ao fim do recadastramento dos trabaçhadores, que ainda está em andamento.

 


 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.