Assine Já
quarta, 30 de setembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8402 Óbitos: 437
Confirmados Óbitos
Araruama 1657 103
Armação dos Búzios 500 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2765 149
Iguaba Grande 695 37
São Pedro da Aldeia 1353 54
Saquarema 1180 69
Últimas notícias sobre a COVID-19
Carnaval 2018

Cultura debate Carnaval 2018 no Charitas nesta terça (4)

Reunião começa às 19h e terá presença de sambistas, empresários e autoridades

04 abril 2017 - 10h38Por Redação | Foto: Arquivo Folha
Cultura debate Carnaval 2018 no Charitas nesta terça (4)

Com o mote “Que carnaval nós queremos para a cidade”?, a Secretaria Municipal de Cultura começa a debater a organização da folia para 2018. O primeiro encontro acontece nesta terça-feira (4), a partir das 19h no, Charitas. Além dos sambistas e de integrantes da Associação de Blocos, foram convidados para participar da discussão representantes das forças de segurança (Polícias Civil e Militar e Bombeiros); empresários dos ramos turístico, hoteleiro e de transporte públicoe todo o secretariado municipal.

Segundo o supervisor cultural Carlos Ernesto Lopes, a intenção é discutir a mudança de perfil do carnaval na cidade, com foco na parceria com a iniciativa privada. Segundo ele, a prefeitura apoiaria os eventos com estrutura e a iniciativa privada entraria com verbas para custear outras despesas.

– Vamos debater um novo molde. Eu acho que estamos num momento que o país muda a forma de administrar e isso reflete nos municípios. As manifestações culturais tem que ser trabalhadas com a iniciativa privada – informou Carlão. 

O planejamento do Carnaval de 2018, em parceria com as entidades, é uma das propostas da Secretaria de Cultura que, mesmo tendo assumido a pasta faltando menos de dois meses para a folia, conseguiu organizar o carnaval na cidade.

– Tivemos muito pouco tempo para planejar tudo e, mesmo assim, conseguimos ter êxito. Agora, com tempo, podemos discutir o Carnaval que queremos para a nossa cidade – declarou o secretário de Cultura, Ricardo Chopinho.