Assine Já
domingo, 26 de setembro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 51256 Óbitos: 2089
Confirmados Óbitos
Araruama 12211 437
Armação dos Búzios 6305 64
Arraial do Cabo 1689 90
Cabo Frio 14244 839
Iguaba Grande 5384 138
São Pedro da Aldeia 6892 286
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Festival

Crise que surgiu na hora certa

Festival do Camarão se reinventa com apoio da iniciativa privada

21 julho 2015 - 09h39Por Rodrigo Branco

Em tempos de lamento quase generalizado por conta da propalada crise econômica do município, o Festival do Camarão é um exemplo de como as dificuldades, em vez de inviabilizar, ajudam a impulsionar projetos. Essa, pelo menos, é a avaliação da própria comissão que organiza o evento, que começa depois de amanhã, na Praia do Siqueira.
Composto
pelas moradoras Sueli Barreto, Bia Reis, Valéria Oliveira e Geyse Marques, o grupo saiu à procura de parceiros privados que ajudassem a complementar a parte da estrutura com a qual a Prefeitura alegou não ter condições de arcar.
O resultado é que a edição deste ano, a 11ª, promete ser a mais bem organizada desde a primeira, em 2005, com direito a câmeras de segurança em todo o local, inclusive no estacionamento, que ficará no espaço de eventos da antiga Sendas e de onde sairão vans que transportarão os visitantes, com pulseirinhas de identificação, até a festa.
– A crise acabou ajudando porque a gente cortou o cordão umbilical que atrapalhava o crescimento do festival. Este ano, conseguimos essas parcerias público-privadas que ajudaram a viabilizá-lo – disse Sueli Barreto, que coordena a comissão organizadora.
Os dados são superlativos: 49 barracas, incluindo as de gastronomia e artesanato; dez toneladas de camarão e expectativa de 20 mil visitantes nos quatro dias de evento. Para ter uma ideia da sua dimensão, no ano passado, foram vendidos 35 mil pratos e 55 mil latas de cerveja.
De todo modo, ficaram a cargo da Prefeitura a estrutura física (palco, equipamentos e som), bem como a presença da Guarda Municipal, que se juntará às Polícias Civil e Militar na segurança. Um esquema especial de trânsito será montado e as ruas do bairro ficarão fechadas.