Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

CPI ouve hoje secretário de Saúde de Cabo Frio

Márcio Mureb vai depor sobre as mortes de bebês no Hospital da Mulher 

16 abril 2019 - 09h22
CPI ouve hoje secretário de Saúde de Cabo Frio

O secretário de Saúde de Cabo Frio, Márcio Mureb, vai depor hoje, às 10 h, na CPI da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que investiga as mortes de bebês no Hospital da Mulher. Apenas neste ano, houve a morte de 17 nascituros na unidade. Também está previsto para hoje o depoimento de uma das gestantes que perdeu o filho no hospital. A sessão será transmitida, ao vivo, pelo You Tube, na TV Alerj.

Os depoimentos de Mureb e o da gestante estavam previstos para a semana passada, mas foram adiados por causa das fortes chuvas que caíram na capital, na semana passada.  A fala do secretário gera bastante expectativa, uma vez que na última sessão da CPI, há duas semanas, falaram os ex-diretores da unidade Paul Herbert Dreyer Neto e Lívia Natividade, que pediram demissão horas depois. 

Em entrevista concedida à Folha, a presidente da CPI, deputada Renata Souza (PSOL) disse que espera que o secretário dê acesso aos prontuários do Hospital da Mulher no período de investigação das mortes dos nascituros.

– Espero muito que os prontuários sejam entregues. Essa é a nossa reivindicação desde a primeira hora, e até agora não tivemos resposta. Espero a contribuição do secretário para que a gente possa caminhar com a CPI como deve ser, ou seja, procurando as reais causas que levaram à morte dos bebês – diz Renata.

Com a saída de Paul e Lívia do comando na unidade, o prefeito Adriano Moreno (Rede) nomeou um triunvirato para geri-lo: a ginecologista e obstetra Tânia Lydia Matosinhos Lowen Pires (diretoria geral); a também ginecologista e obstetra Cristina do Vale Faria (diretoria técnica) e a enfermeira Simone Sant’Anna (diretoria administrativa). 

CPI da Câmara tem novo relator – Enquanto a CPI da Alerj segue ouvindo testemunhas e colhendo documentação, a que foi instalada na Câmara Municipal de Cabo Frio também segue o seu trabalho, mas com mudanças. Mais especificamente, no cargo de relator, que foi assumido pelo vereador Vaguinho Simão (PPS).

Ele entrou no lugar do colega Vinicius Corrêa, que na semana passada assumiu o cargo de líder do governo no Legislativo. 

– Eu fui eleito semana passada como Relator da CPI do Hospital da Mulher e já comecei a trabalhar e analisar a documentação em posse da Comissão. De início estamos pedindo novos documentos e esclarecimentos que achamos necessários, mas que não constavam do acervo da CPI. Posso garantir que vou realizar um trabalho imparcial e comprometido com a verdade. Não vamos fazer caça as bruxas; vamos esclarecer para a sociedade a verdade dos fatos, doa a quem doer. O meu compromisso é com o cidadão – diz Vaguinho.

Também na semana passada, o presidente da Comissão, vereador Ricardo Martins (SD), ouviu familiares do último bebê que morreu no hospital, no fim de semana retrasado, a 17ª vítima apenas este ano.