Assine Já
domingo, 24 de outubro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Covid-19: Rio distribui doses para segunda aplicação da vacina

Permanece suspensa a vacinação de adolescentes na capital

02 setembro 2021 - 10h11Por Redação
Covid-19: Rio distribui doses para segunda aplicação da vacina

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro finaliza hoje (2) a distribuição das 202.570 doses de vacinas contra a covid-19 para os 92 municípios do estado. O estado recebeu na noite de terça-feira (31) 112.320 doses do imunizante da Pfizer e 90.250 da AstraZeneca. Todas as doses são destinadas à segunda aplicação do esquema vacinal.

Segundo a SES, os municípios do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá retiraram ontem suas partes da remessa. Na manhã de hoje, vans e caminhões fazem a distribuição para municípios das regiões dos Lagos, Metropolitana 1 e 2, Serrana, Centro-Sul e Médio Paraíba.

Ainda pela manhã, dois helicópteros levarão as doses para as regiões Norte, Noroeste e Costa Verde do estado.

Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio de Janeiro mantém suspenso o calendário de aplicação da primeira dose em adolescentes. “Sendo assim, a vacinação dos adolescentes de 15 anos somente poderá acontecer quando o Ministério da Saúde enviar mais doses da Pfizer, único imunizante aprovado pela Anvisa para aplicação na população menor de 18 anos”, informou a SMS.

Segundo informações do Ministério da Saúde, no estado do Rio de Janeiro a população a partir de 18 anos que falta receber a primeira dose soma 1,3 milhão de pessoas, o que equivale a 9,69% da população alvo. A segunda dose ainda precisa ser aplicada em 5,1 milhões de adultos, ou 38,34% do total.

Vacinação em outros estados

O estado mais adiantado é o Acre, onde 20,82% dos adultos ainda não receberam as duas doses ou dose única da vacina. O estado que proporcionalmente mais aplicou a primeira dose foi o Amazonas, com 99,44% da população a partir de 18 anos parcialmente protegida. Pelo outro lado, Rondônia ainda precisa aplicar a segunda dose em 48,06% dos adultos e Roraima precisa de iniciar a vacinação em 14,23%.

Rio de Janeiro

O painel de vacinação da cidade aponta que apenas 25% dos adolescentes de 12 a 17 anos receberam a primeira dose. Entre 18 e 19 anos, falta iniciar a vacinação de 13% das pessoas, entre 20 e 29 anos 10% não procuraram os postos para receber a primeira dose e entre 30 e 39 anos a proporção é de 8%.

De 40 a 64 anos a estimativa da população alvo foi totalmente abrangida com pelo menos e primeira dose, bem como no grupo entre 75 e 79 anos. Nas idades entre 65 e 69 anos o município completou a imunização com as duas doses. Entre 70 e 74 anos e a partir de 80 anos, faltam 5% para receberem a primeira dose.

Hoje (2) a capital está aplicando a primeira dose nas pessoas com 40 anos ou mais, gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiência a partir de 12 anos, além da segunda dose. Porém, a segunda dose da CoronaVac está suspensa porque não chegaram imunizantes fabricados pelo Instituto Butantan na última remessa.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.