Assine Já
quinta, 09 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 301 Confirmados: 3282 Óbitos: 191
Suspeitos: 301 Confirmados: 3282 Óbitos: 191
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 270 654 41
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 2 517 19
Saquarema 7 528 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Pontal do Atalaia

Corpos de turistas afogados em Arraial passam por reconhecimento

Casal estava nas pedras do Pontal do Atalaia e morreu após ser arrastado pelas ondas

25 julho 2015 - 12h20
Corpos de turistas afogados em Arraial passam por reconhecimento

Os corpos do casal de turistas Dorotéia Vieira, 42 e Sebastião Pedro Vieira, 50, estão sendo reconhecidos por familiares neste sábado no Instituto Médico Legal de Cabo Frio. Os mineiros morreram afogados no mar do Pontal do Atalaia, em Arraial do Cabo, na tarde desta sexta-feira (24). De acordo com testemunhas, eles estavam nas pedras em uma distância muito próxima da água por volta das 14h, quando uma onda os arrastou para dentro do oceano.

As pessoas imediatamente chamaram os salva-vidas, que não conseguiram prestar o socorro. Eles foram retirados do fundo do mar e colocados num barco de pesca, que transportou os corpos para o Porto do Forno, na Praia dos Anjos. O caso foi registrado na 132 DP, em Arraial do Cabo. 

O dono do barco ‘Meu Bom Mestre’, de Cabo Frio, Enóquio Melo, estava em mais uma tarde de pesca com familiares, quando decidiu ajudar os salva-vidas. De acordo com ele, o Pontal do Atalaia não é um local frequentado por banhistas, o que dificultou o socorro.

- A única praia que há naquele local é a praia brava, que estava há uns 500 metros de onde os dois estavam. Ouvi que eles tentaram descer para tirar fotos do mar e acabaram sendo surpreendidos pela maré.

O desastre chamou a atenção de dezenas de curiosos no Porto do Forno, que alertavam para o perigo do lugar. “Não pode se arriscar muito só para ver o mar, a maré é muito perigosa”, dizia um dos cabistas no local.