Assine Já
sexta, 14 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 5213 Óbitos: 304
Confirmados Óbitos
Araruama 846 62
Armação dos Búzios 384 9
Arraial do Cabo 132 12
Cabo Frio 1721 100
Iguaba Grande 420 26
São Pedro da Aldeia 796 44
Saquarema 914 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
homem

Corpo de homem atropelado por ônibus permanece sem identificação

Acidente ocorreu na Teixeira e Souza, no centro de Cabo Frio 

22 outubro 2014 - 11h03Por Fotos: Blog Repórter Eduander Silva
 Corpo de homem atropelado por ônibus permanece sem identificação

O corpo do homem que morreu na noite de terça-feira (21) na Avenida Teixeira e Souza, no Centro, permanece ainda sem identificação no Instituto Médico Legal (IML). Apesar de algumas pessoas terem reconhecido a vítima, que possivelmente era moradora de rua, o IML não poderá autorizar o sepultamento por falta de documentação. Até agora, ninguém apareceu para reconhecer a vítima. O corpo ficará no local por 15 dias e após este prazo, se ninguém for reconhecê-lo, o homem será enterrado como indigente.

As impressões digitais da vítima, de cor parda, foram recolhidas e encaminhadas para o Instituto de Criminalísticas Carlos Éboli (ICCE) a fim de apurar a identidade do homem e as circunstâncias da ocorrência.

De acordo com informações de populares que estavam no local, a vítima teria se jogado na frente do veículo, que pertence à frota da Auto Viação Salineira. Este é o segundo acidente grave nesta semana que envolve um veículo da empresa de ônibus. Em Arraial do Cabo, uma senhora foi atropelada e teve que amputar uma das pernas. 

No mês passado a doméstica  Regina Célia Cordeiro Diniz, de 53 anos, também morreu após acidente entre um ônibus da mesma empresa e a motocicleta que a vítima dirigia. A colisão ocorreu entre o cruzamento das Rua Belo Horizonte e Fortaleza, Regina Célia foi atingida pelo ônibus. A vítima, que estava de capacete, foi jogada contra o muro de uma residência e socorrida pela equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.