Assine Já
quarta, 20 de outubro de 2021
Região dos Lagos
18ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Consórcio cobra início da dragagem da Lagoa de Araruama

Equipe se reuniu no gabinete do prefeito de São Pedro para tratar do tema

17 julho 2019 - 10h08
Consórcio cobra início da dragagem da Lagoa de Araruama

A equipe do Consórcio Intermunicipal Lagos São João se reuniu na segunda-feira, no gabinete do prefeito de São Pedro, Cláudio Chumbinho, com a presença do deputado estadual Dr. Serginho, para tratar da dragagem da Lagoa de Araruama e outros temas relacionados ao ecossistema. 
Na reunião, membros do Consórcio e do Comitê de Bacia Hidrográfica foram informados que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) deu início ao processo de licitação para a contratação de empresa que irá realizar a dragagem dos pontos assoreados.

A reunião foi convocada pelo prefeito Chumbinho, que é o presidente do Consórcio (a presidência é ocupada em forma de mandato por um dos prefeitos da área consorciada). 

Estiveram presentes a secretária-executiva do Consórcio, Adriana Saad, a assessora jurídica Aline Araújo, o pescador Francisco Guimarães Neto (Chico Pescador), coordenador da Câmara Técnica de Pesca do Comitê de Bacia Hidrográfica, além do deputado Dr. Serginho e do secretário de Governo da Prefeitura de São Pedro, Eronildes Bezerra.

“Nossa pauta principal foi pedir a aceleração do processo para o início da dragagem da lagoa. Fomos informados que a licitação teve início, o que é uma ótima notícia, pois a lagoa está precisando deste processo de desassoreamento”, disse a secretária-executiva do Consórcio, Adriana Saad.

O desassoreamento da lagoa tem o objetivo de promover um fluxo maior de troca de águas com o mar. A existência de pontos assoreados, ou seja, com grande voluma de areia e outros materiais, impede a renovação da água da lagoa e prejudica o equilíbrio ambiental.

Outro tema abordado foi o pedido feito pela comunidade pesqueira de separação do defeso da Lagoa de Araruama em duas partes, sendo uma exclusiva para o camarão e outra para os peixes em geral. 

Atualmente existe um único defeso, que abrange todas as espécies, e que ocorre do início de agosto ao fim de outubro. Como se trata de um período em que o camarão está em plena safra, a Câmara Técnica de Pesca do Comitê de Bacia Hidrográfica Lagos São João preparou uma minuta pedindo a transferência do defeso do camarão para outra data. O prefeito Chumbinho explicou o procedimento.

“Essa minuta elaborada pelos pescadores e técnicos no Comitê e será levada pelo deputado Dr. Serginho para o Ministério do Meio Ambiente solicitando a alteração”, afirmou Chumbinho.

Outros dois pontos ainda foram debatidos na reunião: a adequação de normativas que impedem algumas artes de pesca nas áreas 1 e 2 da lagoa e o projeto de balizamento (sinalização) da lagoa para navegação e proteção ambiental das margens.