Assine Já
sexta, 14 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
17ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 5213 Óbitos: 304
Confirmados Óbitos
Araruama 846 62
Armação dos Búzios 384 9
Arraial do Cabo 132 12
Cabo Frio 1721 100
Iguaba Grande 420 26
São Pedro da Aldeia 796 44
Saquarema 914 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
Escola

Conselho de Alimentação Escolar de Cabo Frio quer licitação

Membros do CAE se reuniram com secretária de Educação para debater pautas

12 novembro 2015 - 09h20Por Nicia Carvalho

Depois de muitas tentativas, membros do Conselho de Ali­mentaçao Escolar de Cabo Frio (CAE) se reuniram com a se­cretária de Educação, Juciara Noronha Dimas, para tratar das verbas para a merenda escolar. O principal ponto da pauta foi a falta de realização de licitação para uso de recursos exclusivos na alimentação de estudantes.

– Todo ano sobra mais ou menos R$ 1 milhão porque o governo não faz a licitação e, quando faz, é de valor inferior ao necessário para as compras. Este ano vai sobrar verba outra vez, e nosso intuito foi nego­ciar planejamento das licitações e tratar dos repasses de verbas municipais que estão em atraso há quatro meses – explicou De­nize Alvarenga

Segundo ela, este ano foi feita licitação de gêneros bá­sicos, mas não para compra de produtos complementares, oriundos da contra partida mu­nicipal do Programa Munici­pal de Alimentação Escolar (PNAE) no valor mensal de R$ 200 mil, que já totaliza R$ 800 mil. A parcela é distribuí­da entre as 92 unidades escola­res de Cabo Frio. Segundo ela, além das verbas, no encontro o Conselho também reforçou a necessidade de adequação da estrutura das escolas e contra­tação de profissionais, como nutricionistas, por meio de concurso público.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quinta-feira (12)