Assine Já
domingo, 16 de maio de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 38271 Óbitos: 1463
Confirmados Óbitos
Araruama 9632 300
Armação dos Búzios 4705 57
Arraial do Cabo 1332 69
Cabo Frio 10222 542
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5306 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
Escola

Conselho de Alimentação Escolar de Cabo Frio quer licitação

Membros do CAE se reuniram com secretária de Educação para debater pautas

12 novembro 2015 - 09h20Por Nicia Carvalho

Depois de muitas tentativas, membros do Conselho de Ali­mentaçao Escolar de Cabo Frio (CAE) se reuniram com a se­cretária de Educação, Juciara Noronha Dimas, para tratar das verbas para a merenda escolar. O principal ponto da pauta foi a falta de realização de licitação para uso de recursos exclusivos na alimentação de estudantes.

– Todo ano sobra mais ou menos R$ 1 milhão porque o governo não faz a licitação e, quando faz, é de valor inferior ao necessário para as compras. Este ano vai sobrar verba outra vez, e nosso intuito foi nego­ciar planejamento das licitações e tratar dos repasses de verbas municipais que estão em atraso há quatro meses – explicou De­nize Alvarenga

Segundo ela, este ano foi feita licitação de gêneros bá­sicos, mas não para compra de produtos complementares, oriundos da contra partida mu­nicipal do Programa Munici­pal de Alimentação Escolar (PNAE) no valor mensal de R$ 200 mil, que já totaliza R$ 800 mil. A parcela é distribuí­da entre as 92 unidades escola­res de Cabo Frio. Segundo ela, além das verbas, no encontro o Conselho também reforçou a necessidade de adequação da estrutura das escolas e contra­tação de profissionais, como nutricionistas, por meio de concurso público.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quinta-feira (12)