Assine Já
quarta, 21 de outubro de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 9339 Óbitos: 478
Confirmados Óbitos
Araruama 1907 110
Armação dos Búzios 574 10
Arraial do Cabo 283 15
Cabo Frio 3072 166
Iguaba Grande 819 38
São Pedro da Aldeia 1434 66
Saquarema 1250 73
Últimas notícias sobre a COVID-19
gustavo mendes

Comediante diz ter sido agredido fisicamente por secretário adjunto de governo da prefeitura de Búzios

16 junho 2014 - 17h33
Comediante diz ter sido agredido fisicamente por secretário adjunto de governo da prefeitura de Búzios
O comediante Gustavo Mendes, que faz o stand up comedy "Mais que Dilmais", comentou em uma rede social sobre o seu show que foi interrompido na noite de domingo (15) na Praça da Rasa, em Búzios, dentro da programação do  "Búzios Love".  Segundo Gustavo Mendes, ele teria sido agredido fisicamente pelo secretário adjunto de governo Robson Mota, conhecido como Robinho, enquanto deixava o palco. O artista comentou, inclusive, que o secretário teve que ser contido por seguranças.
- Não ofendi ninguém, fiz uma piada com o tal padre Ricardo, que não conheço, mas minhas piadas foram dirigidas ao cargo e não à pessoa. Soube que o pároco havia proibido bebidas em festas religiosas, acabando com as tradicionais eventos. Lembrei que Jesus transformou água em vinho e acabei soltando um palavrão - comentou
- Robinho e sua corja (mais 2) foram abusivos, infelizes e criminosos, pois não só me agrediram fisicamente, como também a todo o povo, que pagou pelo show (os impostos de Búzios são caríssimos e a cidade está jogada as traças, não a zona turística, onde desfilam os milionários, mas nas zonas mais humildes, como o caso do bairro Rasa, onde fiz questão de me apresentar, porque meu humor é para todos, assim como a política deveria ser.  disparou Mendes.
LEIA MAIS: Prefeitura de Búzios divulga nota sobre interrupção do show do comediante Gustavo Mendes