Assine Já
quinta, 24 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
Alerj2
Alerj3
TEMPO REAL Confirmados: 43614 Óbitos: 1679
Confirmados Óbitos
Araruama 10812 339
Armação dos Búzios 5233 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11637 622
Iguaba Grande 4486 107
São Pedro da Aldeia 5916 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
guardas municipais

Com salários atrasados, guardas suspendem ordenamento e Ilha do Japonês fica fechada para carros

Instituto Estadual do Ambiente determina a presença de um agente para organizar fluxo de veículos

20 novembro 2016 - 09h20Por Redação | Fotos: Reprodução
Com salários atrasados, guardas suspendem ordenamento e Ilha do Japonês fica fechada para carros

Ponto turístico de grande procura em Cabo Frio, a Ilha do Japonês está fechada para o acesso de carros neste domingo (20). Isso porque os guardas municipais da cidade seguem aquartelados na sede da corporação, em São Cristóvão, por causa do atraso no pagamento de outubro dos agentes. Segundo a categoria, alguns funcionários sequer receberam os vencimentos de setembro.

A presença de um guarda de trânsito é indispensável para o fluxo de veículos no local de acordo com determinação do Instituto Estadual do Ambiente. Um auto de constatação (foto abaixo) chegou a ser lavrado neste sábado (19) para impedir que carros circulem no local. De acordo com o documento do Inea, 'enquanto a advertência não for cumprida, a ilha estará fechada para visitação com veículos automotores'.

As manifestações dos guardas contra os atrasos salariais têm sido mais frequentes nos últimos dias. No dia 11, às vésperas do aniversário da cidade, um grupo se manifestou em frente ao prédio onde fica o estúdio do radialista Amaury Valério, para quem o prefeito Alair Corrêa concedia uma entrevista por telefone. O trânsito na Avenida Júlia Kubitschek chegou a ser bloqueado. Mais tarde, em protesto, o agentes fecharam o tráfego na Ponte Feliciano Sodré, causando impactos no trânsito.