Assine Já
quinta, 04 de março de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26964 Óbitos: 928
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3248 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7480 357
Iguaba Grande 2552 58
São Pedro da Aldeia 3575 126
Saquarema 2451 134
Últimas notícias sobre a COVID-19
BRAÇOS CRUZADOS

Coletores paralisam recolhimento de lixo em Cabo Frio por falta de pagamento

Trabalhadores cobram salários de dezembro; cidade amanheceu com resíduos acumulados nas ruas

19 janeiro 2021 - 12h07Por Redação

Os coletores da Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf) paralisaram os serviços de coleta de lixo na noite desta segunda-feira (18) por falta do pagamento dos salários de dezembro.

Sem o recolhimento, as ruas de diversos bairros da cidade amanheceram com pilhas de lixo acumulado dos estabelecimentos e residências.

Os coletores recusaram-se a sair para trabalhar na manhã desta terça-feira (19) e ficaram na sede da companhia, no bairro Monte Alegre.

 Segundo a reportagem apurou, uma comissão de trabalhadores deve se reunir com o prefeito José Bonifácio (PDT) ainda nesta terça para tratar do assunto.

De acordo com lideranças do movimento, a Prefeitura pretende pagar o mês de janeiro e parcelar o de dezembro do ano passado, o que não é aceito pelos coletores.

Em nota, a Prefeitura informou que servidores da Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf), autarquia responsável pela coleta do lixo domiciliar e comercial, fizeram uma paralisação nesta segunda-feira (18), e que o governo municipal, que assumiu a gestão há 19 dias, reafirma o compromisso prioritário com o pagamento dos servidores, e já vem antecipando o pagamento de janeiro para todas as categorias, na medida da entrada de recursos no caixa. 

Até o momento, o município informou o pagamento dos pensionistas e dos aposentados. Está previsto para esta quarta-feira (20) o pagamento de janeiro para os profissionais da Educação.

Segundo o município, o prefeito José Bonifácio mantém a posição firmada em campanha de priorizar o pagamento dos salários do funcionalismo. O governo municipal se coloca aberto ao diálogo e pede aos servidores da Comsercaf para que retornem ao trabalho, em virtude de se tratar de um serviço essencial para a população.

(*) Matéria atualizada com a posição da Prefeitura às 13h55.


 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.