Assine Já
terça, 26 de outubro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Clínica de Cabo Frio participa de projeto pioneiro para diagnóstico de covid-19

Em parceria com o Hospital de Clínicas da Faculdade Medicina da USP, a Medscanlagos participará de projeto que visa a criação de um sistema de inteligência artificial para o combate ao coronavírus

15 maio 2020 - 17h20Por Redação
Clínica de Cabo Frio participa de projeto pioneiro para diagnóstico de covid-19

A Medscanlagos acaba de fechar uma parceria com o Hospital de Clínicas da Faculdade Medicina da USP para participar de um projeto que visa a criação de um sistema de inteligência artificial que vai auxiliar no diagnóstico e tratamento dos pacientes com covid-19.

Este projeto, denominado de RADVID 19, conta com o apoio de grandes instituições  como, por exemplo, o Colégio Brasileiro de Radiologia, a Amazom, GE Healthcare, Huawei, Petrobras, Banco Itaú e os hospitais Sírio-Libanês, InCor, Oswaldo Cruz (SP) e Samaritano (RJ).

Todas as tomografias de tórax realizadas na clínica Medscanlagos em pacientes com diagnóstico confirmado de COVID 19,  serão enviadas de forma anônima para o banco de imagens do RADVID 19, que processará as informações juntamente com dados de diferentes estágios de evolução da doença provenientes de pessoas de todo o Brasil. A medida em que o banco de dados aumenta, o sistema de inteligência artificial adquire cada vez mais conhecimento.

A ideia é que o programa faça a identificação da infecção pelo covid-19 através do reconhecimento de imagens já na triagem na unidade de saúde. A ferramenta vai classificar pacientes positivos para a Covid-19 e cruzar dados clínicos, fatores de risco e as imagens da tomografia e raio-X. A partir da aquisição das imagens, a inteligência artificial poderá determinar automaticamente o grau de comprometimento do pulmão e até predizer a probabilidade de ser um caso de COVID19.

Esta última informação pode ser útil para os casos que ainda não receberam o resultado do teste ou então para aqueles falsos negativos e poderá ser acessada por médicos em qualquer parte do país.

Segundo a Dra Erika Antunes da Medscanlagos: “o diagnóstico de covid-19 geralmente é realizado com o PCR (exame de saliva). Mas às vezes, o paciente chega ao hospital e o PCR demora vários dias para ficar pronto. A tomografia pode auxiliar o diagnóstico, apontando casos suspeitos antes de serem confirmados pelo PCR. Um paciente com laudo de inteligência artificial apontando 95% de chance de ser coronavírus, mas com PCR negativo, provavelmente precisará repetir o PCR”.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.