Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Clarêncio Rodrigues

Clarêncio Rodrigues é internado e preocupa

Artista é hospitalizado e está fazendo tratamento de recuperação das plaquetas

27 janeiro 2016 - 09h07

A internação do artista plástico cabofriense Clarêncio Rodrigues, 62 anos, causou comoção em Cabo Frio no início da tarde de ontem. Ele foi levado para a UTI da Clinerp com suspeita de dengue hemorrágica – suspeita que se confirmou no início da noite. Segundo a memorialista e amiga da família, Meri Damaceno, que estava no hospital, Clarêncio teve uma melhora significativa das plaquetas – já que as mesmas caem quando a pessoa está com dengue.

– O fígado dele está bom, os rins também, enfim, ele está melhorando e se tudo der certo hoje ele vai para o quarto – informou Meri, que vai passar a noite para acompanhar a família.

Há dois dias, segundo amigos dos familiares do artista, ele vinha reclamando de incômodos na coluna. Chegou a ser atendido em um hospital no Rio de Janeiro, de onde teve alta após tomar soro na veia. Mas o bonequeiro mais famoso da cidade acordou com dificuldades para andar, ontem, e foi levado para a Clinerp.

Clarêncio Rodrigues fundou o grupo Sorriso Feliz, que apresenta espetáculos de marionetes na região. Em 1987, ele começou a organizar o Festival Nacional de Teatro de Bonecos, o Bonecart. O maior sucesso dele é a montagem do ‘Minha Favela Querida’, em cartaz desde 1990. O espetáculo tem mais de 50 bonecos, retrata o cotidiano dos moradores de uma comunidade, e ganhou vários prêmios nacionais. O trabalho também ficou em cartaz em temporadas no Teatro Villa Lobos, no Rio de Janeiro, e no Teatro Brasileiro de Comédia, em São Paulo.

Nas redes sociais, era grande a corrente pela recuperação de Clarêncio. Na página do artista, que é muito querido na cidade, várias postagens e comentários que torciam por sua recuperação.
Números preocupam – Em 2015, o Brasil fechou o ano com registro de 1,6 milhão de casos de possibilidade de dengue, número 178% maior que no ano anterior, segundo dados do Ministério da Saúde. O Rio é um dos estados mais afetados.