Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Cidades da região esperam grande número de turistas

Paróquia de Cabo Frio terá extensa programação religiosa durante a Semana Santa 

12 abril 2019 - 09h17
Cidades da região esperam grande número de turistas

Passear, descansar, curtir uma praia, não importa o objetivo. Para milhares de pessoas que já se planejam para o feriado da Semana Santa, o destino é o mesmo: a Região dos Lagos. E, entre os destinos mais procurados pelos visitantes, os municípios de Arraial do Cabo e Cabo Frio são os que vão receber mais turistas nesses dias de folga.

Em Cabo Frio, de acordo com o presidente da Associação de Hotéis, Gastronomia, Comércio e Turismo de Cabo Frio, Carlos Cunha, o feriadão vai ser de hotéis cheios. A expectativa de ocupação do setor hoteleiro da cidade é de 90% para a Semana Santa e de 80% para o feriado de São Jorge 
Caso se confirme o prognóstico, de acordo com Carlos Cunha, o setor hoteleiro da cidade repetirá o bom resultado do ano passado. “Essa é a nossa meta”. Ele explica que os pacotes para passar o feriadão na cidade estão sendo divididos entre as duas datas. 

– Na verdade, a gente está contando com dois feriados, e não como um feriadão. Porque não se vende cinco diárias, o pessoal não compra. Então nós estamos vendendo a Semana Santa por um preço e os outros dois dias por outro valor. Até porque na Semana Santa é um público mais variado, familiar, e nós podemos vender para o país todo, com foco em turistas de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e o feriado de São Jorge é estadual, então o foco fica apenas nos turistas do Estado – disse. 

Sobre a falta de grandes eventos em Cabo Frio durante o feriadão, Carlos Cunha minimiza e afirma que as datas em si têm apelo suficiente para atrair um grande público para Cabo Frio, mas pede atenção para a manutenção da cidade. 

– Há alguns feriados que você não precisa fazer nada para atrair público, e a Semana Santa é um deles. Mas a cidade precisa estar bem preservada para receber o visitante – declarou. 

Em Arraial do Cabo, a expectativa também alta pela chegada dos turistas. De acordo com o secretário de Turismo e Eventos da cidade, Olavo Carvalho, a expectativa de ocupação para hotéis e pousadas é de 95% para o feriadão, e a cidade espera receber cerca de 150 a 200 mil visitantes durante esse período. Além disso, o secretário destaca que são esperadas outras 30 mil pessoas da região somente para degustar as delícias do Festival Gastronômico da Lula, atração principal do feriado na cidade.  

Segundo Olavo, para que  tudo transcorra da melhor forma possível, a Prefeitura de Arraial do Cabo já está montando um esquema especial com diversos setores do poder público. 

– Nós nos preparamos e estamos montando uma operação como fizemos no Carnaval. Colocaremos banheiros químicos nas praias, vamos dobrar o efetivo da guarda municipal e estamos em contato direto com a guarda ambiental, municipal e operadores de saúde. Vale frisar que todo o município está integrado para que consigamos operacionalizar da melhor maneira possível, e para isso todo  o nosso contingente estará de plantão nesses cinco dias – salientou.  

Cabo Frio terá extensa programação religiosa – Para celebrar a Paixão, a Morte e a ressurreição de Cristo, a Paróquia Nossa Senhora da Assunção, em Cabo Frio, organizou uma extensa programação para seus fiéis que começa no dia 13 de abril e vai até o dia 21, Domingo de Páscoa. 

Dentre os pontos altos da programação da Igreja, destacam-se: a Bênção dos Ramos, que acontecerá em frente ao Convento de Nossa Senhora dos Anjos, seguida da Procissão e Santa Missa na Matriz Auxiliar, que ocorre no Domingo de Ramos, às 8h. No mesmo dia, a Igreja realiza outras duas missas. 

No dia 15, às 20h, haverá a Procissão do Fogaréu, que surgiu na Espanha e retrata a prisão de Jesus, enquanto no dia 16, às 19h30, será realizada a Via Sacra Solene pelas ruas do Centro de Cabo Frio. No dia 17, às 19h, a Igreja vai realizar uma Santa Missa na Matriz Auxiliar, seguida da Procissão das Sete Dores de Nossa Senhora, na qual os fiéis seguirão contemplando a imagem de Jesus seguindo ao calvário e as dores de Nossa Senhora ao ver o sofrimento de seu filho. 

No dia 18, haverá a Missa do Lava-Pés, que começa às 20h e termina às 22h, horário que começa a Vigília, que vai até às 6h da Sexta-Feira da Paixão. Neste mesmo dia, às 9h, a Procissão do Encontro retratará o encontro de Nossa Senhora com Jesus no Calvário. Mais tarde, às 15h, a principal celebração do dia: Celebração da Paixão do Senhor, seguida da celebração das Sete Palavras de Cristo na Cruz e da Procissão do Senhor Morto.  
No Sábado Santo, às 19h, haverá a Missa da Vigília Pascal do Senhor, com duração de quatro horas, seguida da Procissão da Ressurreição, e no Domingo de Páscoa, três missas solenes – às 10h, 18h e 20h –  celebrarão a Ressurreição de Cristo.