Assine Já
domingo, 24 de outubro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CAUTELA

Cidades da Região dos Lagos podem ter mais um Réveillon sem festa

Prefeituras afirmam que decisão vai depender das condições epidemiológicas

14 agosto 2021 - 14h12Por Redação

Enquanto a Prefeitura do Rio de Janeiro já confirmou o réveillon, e até a possibilidade de realizar o carnaval com direito a desfile de Escolas de Samba em fevereiro de 2022, na Região dos Lagos os prefeitos parecem estar mais comedidos. O medo do avanço da Covid-19, e as incertezas com realização à vacinação, ainda não permitem que eles tenham a mesma confiança do carioca Eduardo Paes.

No Rio, o prefeito espera ter 90% da população adulta vacinada até novembro para, então, dar sinal verde para a festa de Momo, que atrai milhares de turistas de todo o mundo: um verdadeiro oceano de aglomeração. Mas, pelas bandas do interior, a situação é bem diferente.

Em Cabo Frio, a Prefeitura informou que ainda não tem programação para o Réveillon. “O foco do governo, neste momento, é o ordenamento do verão. Para isso, foi formado um grupo de trabalho, com os responsáveis de diversas secretarias, para discutir o ordenamento público na alta temporada”, informou o governo, através de nota.

Já em São Pedro da Aldeia, a Secretaria de Turismo informou que a gestão municipal avalia a possibilidade de realizar o Réveillon este ano. Porém, a Prefeitura ressalta que “permanece atenta às variações epidemiológicas da Covid-19, e que no momento é precoce afirmar se haverá ou não uma programação”.

Na vizinha Iguaba Grande, a secretária de Turismo, Carla Valle, informou que o prefeito Vantoil Martins já está estudando o assunto, “mas a definição, inclusive sobre autorização para realização de eventos particulares, deve ser anunciada somente em setembro”.

As Prefeituras de Arraial do Cabo, Búzios, Araruama e Saquarema ainda não se manifestaram sobre o assunto. No entanto, na cidade buziana várias casas de evento e boates já estão anunciando venda de pacotes para a virada de 2021/2022. Os preços variam e podem chegar a quase R$ 2 mil por pessoa.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.