Assine Já
sábado, 13 de agosto de 2022
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
VIAJE BEM Confira 331 hospedagens bem avaliadas na Região dos Lagos
Geral

Cidades da Região dos Lagos homenageiam Victorino Carriço, que faria 110 anos

Arraial, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia vão celebrar a data de nascimento do poeta e compositor

26 julho 2022 - 09h58Por Redação
Cidades da Região dos Lagos homenageiam Victorino Carriço, que faria 110 anos

Os versos e as canções de Victorino Carriço serão lembrados na Região dos Lagos nesta semana em que o poeta faria 110 anos. Ele nasceu no dia 29 de julho de 1912, no Baixo Grande, em São Pedro da Aldeia. Considerado um ícone da cultura e da política, Victorino deixou um importante legado. Publicou os livros "Mar e Amar", "Vidas Mortas" e "Se Voltares"; compôs hinos, como o de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Arraial do Cabo; e pertenceu a 34 associações culturais, algumas no exterior, como Itália, Argentina, Uruguai, França, Espanha, República Dominicana e México.

Sua obra e sua figura marcante também ficaram eternizadas em ruas e praças que receberam o seu nome em vários municípios da Região dos Lagos. Em reconhecimento à importância de Victorino Carriço para a Região dos Lagos, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio, Alerj, concedeu a ele a maior honraria, a Medalha Tiradentes ‘post mortem’ em 2015.

“Meu avô era um apaixonado pela Região dos Lagos e transformava em poesia tudo o que via. Cada hino, música, poesia, tudo foi escrito com a grandeza da alma de um poeta e compositor. Victorino Carriço deixou um legado cultural imenso e tenho muito orgulho disso. Vamos homenageá-lo sempre. Ele merece”, declarou a neta Fernanda Carriço, que cuida da obra do avô. 
“Vamos cantar as músicas dele, celebrar essa existência que nos enche de orgulho”, disse Junior Carriço, o neto músico que interpreta as canções de Victorino Carriço. 

Poesia na essência
A poesia fez parte dos seus dias até os últimos anos de vida. Da janela de sua casa, "Santinho", como era carinhosamente chamado, dedicava versos a quem passava na rua, mesmo quando já estava acamado. 
O poeta morreu em 2003, aos quase 91 anos. 
Seus amigos, familiares e admiradores poderão apreciar suas composições nas celebrações que acontecerão em Arraial do Cabo, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia. Confira a programação:

Arraial do Cabo
Dia 28, quinta-feira - homenagem no Cinema Municipal, às 18h.
Dia 29, sexta-feira - homenagem na Câmara Municipal, com hasteamento da Bandeira e execução do Hino da cidade, de sua autoria.

Cabo Frio
Dia 29, sexta-feira -  apresentação do músico Júnior Carriço, neto de Victorino, e recital de poesia, na Praça Gentil Gomes de Faria, Passagem, a partir das 18h. A Prefeitura também preparou um material audiovisual em homenagem ao poeta e vai veicular nas redes oficiais do município. 

São Pedro da Aldeia
A Secretaria de Cultura produziu um vídeo com a participação dos netos do poeta, Fernanda Carriço e Júnior Carriço, que falaram sobre seu avô e cantaram a canção "Voltei ao Baixo Grande", dedicada ao bairro onde ele nasceu e viveu até sua juventude. O vídeo será veiculado nas redes sociais e site da Prefeitura.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.