sábado, 20 de abril de 2024
sábado, 20 de abril de 2024
Cabo Frio
21°C
Park Lagos Super banner
Park Lagos beer fest
professor nivaldo

Cidade de luto: dia de comoção por Nivaldo

Enterro marca despedida do professor; alunos do Rui prestam homenagem

28 abril 2016 - 10h43
Cidade de luto: dia de comoção por Nivaldo

Dezenas de pessoas compareceram ao último adeus ao professor Nivaldo Marques. O enterro foi marcado sob forte comoção no Cemitério São Miguel, em São Gonçalo, na tarde de ontem. O corpo não foi enterrado no dia anterior por problemas para achar espaço para o sepultamento.

Nivaldo foi encontrado dentro de casa morto estrangulado. A Polícia Civil desmentiu os boatos de que um taxista o teria levado em casa antes do crime e que seria chamado para prestar depoimento na delegacia.

O delegado interino Lauro Coelho afirmou a investigação ainda segue em curso porque aguarda a presença de testemunhas – uma delas é a pessoa que estava ao lado de Nivaldo na última vez que ele foi visto.

– Estamos aguardando o aparecimento de duas testemunhas. Uma delas é a última pessoa com quem Nivaldo foi visto. Mas não conseguimos falar com essa pessoa ainda. Está difícil de achar. Portanto, estamos na mesma situação de ontem – afirmou o delegado Lauro Coelho, que preferiu não revelar a identidade das testemunhas.

Passeata do Rui Barbosa – Estudantes do Colégio Rui Barbosa se concentraram na porta da escola em que Nivaldo trabalhou para homenagear o assassinado. Professores se juntaram aos alunos na passeata, que seguiu na direção da Praça Porto Rocha. Solidários, eles também protestaram contra a violência com cartazes. A caminhada atraiu a atenção de quem passava por uma das áreas mais movimentadas da cidade e que, logo mais, endossaram ainda mais a manifestação. 

*Foto: Luiz Nicollela/ O São Gonçalo