Assine Já
segunda, 20 de setembro de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50688 Óbitos: 2057
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6182 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14015 822
Iguaba Grande 5355 134
São Pedro da Aldeia 6830 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
chuva

Chuva forte alaga diversos bairros de Cabo Frio

Em alguns locais, a água subiu mais de 30 centímetros

13 janeiro 2017 - 09h45Por Redação I fotos do leitor
Chuva forte alaga diversos bairros de Cabo Frio

Aguardada por alguns, na esperança de amenizar o calor dos últimos dias, a chuva que cai em Cabo Frio desde o fim da tarde desta quinta-feira (12) provocou transtorno e estrago em diversos pontos da cidade.

Ruas de bairros como Jardim Caiçara, Parque Burle, São Cristóvão e Jardim Excelsior ficaram cheias com poucos minutos de temporal. Um parque de diversões que está montado ao lado da rodoviária também acabou inundado. Na periferia, o quadro não foi muito diferente e houve problemas no Cajueiro e no Peró. 

Casa de aposentada na Ville Blanche foi invadida pela água

A pedagoga aposentada Maria Emília Pinheiro, de 63 anos, que mora em uma casa na Rua Porfírio do Patrocínio Nascimento, na Ville Blanche, relata que os transtornos são recorrentes quando acontecem temporais, uma vez que as galerias estão entupidas e há anos não são desobstruídas. Ela conta que a água também invadiu as casas e até os carros de vizinhos. 

– Não é a primeira vez que entra água na casa quando chove. Já perdi guarda-roupa, cômodo e móveis em geral. Eu e minha irmã de 72 anos, que é cardiopata, estamos desde as duas e meia da madrugada tirando água de casa – disse Maria Emília, que é cardíaca.

Problemas também em Arraial e Búzios

A tempestade criou problemas não apenas em Cabo Frio, como nas cidades vizinhas. Em Arraial, o asfalto de uma travessa na Praia Grande cedeu por causa da força da água. Moradores de outros bairros também reclamaram de ruas alagadas. No segundo distrito, em Figueira e no Parque das Garças, ruas ficaram sem energia elétrica.

Em Búzios, o impacto maior foi no trânsito. A principal avenida da cidade, a Bento José Ribeiro Dantas ficou debaixo d’água, causando um grande engarrafamento a partir de João Fernandes, no sentido de quem vai para o centro da cidade.