Assine Já
domingo, 20 de junho de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 43349 Óbitos: 1676
Confirmados Óbitos
Araruama 10701 336
Armação dos Búzios 5211 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11551 622
Iguaba Grande 4461 107
São Pedro da Aldeia 5895 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
preço da cebola

Cebola fora das mesas de Cabo Frio

Valor do legume varia nos mercados da cidade entre R$ 7 e 9

09 julho 2015 - 10h19

GABRIEL TINOCO 

A cebola é o primeiro alimento a ser cortado das mesas em Cabo Frio. Os consumidores reclamam dos altos preços cobrados nos mercados da cidade – em média entre R$ 6,99 e R$ 8,99 – pelo ingrediente, considerado indispensável na cozinha da maioria dos brasileiros. O aumento do valor da saca de 20 quilos do legume passou de R$ 25 em janeiro deste ano para R$ 90 no mês passado. As comidas mais tradicionais nas panelas do país como feijão, arroz, batata e carne também entraram na lista de reclamações dos cabo-frienses. Eles procuram promoções para economizar o máximo possível nas compras do mês.
A aposentada Marina de Andrade, 65, por exemplo, fazia compras de produtos menos essenciais no supermercado Extra na tarde de ontem. Ela destacou que o que as pessoas consomem diariamente está com um preço muito alto para levar em grande escala.
– Tudo aumentou. O preço dos alimentos mais essenciais está alto demais. Estou fazendo uma compra para lanche, visto que arroz, feijão, cebola e outros produtos estão caríssimos. Nesse carrinho não tem alimentos que as pessoas comem diariamente. Estou comprando biscoito, requeijão, comidas para fazer um lanche mesmo – comenta ela.

*Leia matéria completa na edição impressa da Folha desta quinta-feira.