Assine Já
quarta, 28 de julho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46056 Óbitos: 1864
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12562 754
Iguaba Grande 4756 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
LAMENTÁVEL

Casal de youtubers é ameaçado após filmar praias lotadas em Arraial no feriado

Donos do canal ‘Vaz Aonde’ deixaram a cidade, onde moraram por seis meses; caso foi registrado na polícia  

11 setembro 2020 - 18h47Por Redação

Os produtores de conteúdo digital Marcos Vaz e Ines Lafosse afirmaram ter sido ameaçados depois de publicar um vídeo no You Tube em que mostravam a aglomeração nas praias de Arraial do Cabo durante o último fim de semana, em meio ao feriadão da Independência. Por causa do incidente, o casal deixou a cidade, onde moravam há seis meses e produziam vídeos sobre as atrações turísticas do município para o canal ‘Vaz Aonde, que possui 217 mil seguidores e divulga as belezas naturais de todo o Brasil.

O vídeo que causou a polêmica foi publicado no último domingo (6) e já teve mais de 60 mil visualizações, até o fechamento desta edição. Na ocasião, os ‘youtubers’ filmaram o movimento na Praia Grande e na Prainha. No vídeo, que durou cinco minutos e quarenta segundos, Vaz fez observações sobre a aglomeração registrada nas praias durante o fim de semana prolongado, citando, inclusive, que muitas pessoas estavam sem máscara, descumprindo decreto municipal.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              Se nos comentários da publicação, muitos seguidores concordaram com as palavras do influenciador; o conteúdo dela desagradou outra parcela dos internautas. Durante a live, mensagens agressivas foram enviadas por alguns moradores, assim como ocorreu no perfil do Instagram. Além disso, o número de celular de Vaz parou em um grupo de WhatsApp e o viajante recebeu um áudio com as ameaças de agressão.

“Rapaz, você tá maluco? Você nem de Arraial do Cabo é. Você não depende do turismo de Arraial. Tu vem pra cá pra queimar nossa cidade? Apaga aquele vídeo que tu fez senão você vai ter um problema sério com a gente aqui. A gente vai dar uma ‘coça arrumada’ em você e colocar você de volta pra sua cidade", diz trecho da mensagem.

Em outro vídeo, publicado nesta quinta-feira (10), o casal relatou o episódio e anunciou que haviam deixado a cidade. O casal disse que está no Rio de Janeiro e registrou a ocorrência na delegacia. A Polícia Civil tenta agora identificar o autor da ameaça. No vídeo, Vaz lamentou o incidente, mas fez questão de dizer que se tratou de um fato isolado e indicar a cidade como destino turístico.

–  Isso não é uma crítica para a cidade de Arraial, é um comportamento que aconteceu no Brasil inteiro. Estão fazendo um trabalho bem maneiro lá, com as barreiras sanitárias, vários carros voltando. Mantendo o número de mortes por Covid bem baixo. Então estava perfeito. Era o feriado em Arraial e também o feriado com essa pandemia. Então, a gente retratou isso no nosso vídeo e deixou para a galera, cada fez o seu comentário lá. Ontem, a gente recebeu essas mensagens e nos deixou preocupado pra caramba. Eu disse: “caraca, nunca recebi uma mensagem assim bem agressiva. Na hora, a gente fez o boletim de ocorrência”, relatou Vaz.

A Prefeitura de Arraial se manifestou sobre o episódio e repudiou as ameaças sofridas por Vaz e Ines, que é argentina. O governo municipal também se colocou à disposição dos influenciadores digitais. O secretário de Turismo, Olavo Carvalho, também se solidarizou com o casal.

– A gente quer dizer que está sendo solidário com vocês. Nós não compactuamos com nenhum tipo de agressão, com nenhum tipo de ameaça. Não faz parte da história da nossa cidade e do nosso povo esse tipo de comportamento – disse o secretário, em vídeo.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.