Assine Já
segunda, 14 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 42549 Óbitos: 1631
Confirmados Óbitos
Araruama 10478 329
Armação dos Búzios 5160 57
Arraial do Cabo 1486 81
Cabo Frio 11320 600
Iguaba Grande 4350 105
São Pedro da Aldeia 5809 254
Saquarema 3946 205
Últimas notícias sobre a COVID-19
salineira

Cartão Social de Arraial do Cabo será extinto

Prefeitura diz que dívida com Salineira ultrapassa os R$ 500 mil

11 março 2017 - 11h07
Cartão Social de Arraial do Cabo será extinto

Uma dívida de mais de R$ 522 mil deixada pela gestão anterior junto à Auto Viação Salineira vai pesar no orçamento de milhares de moradores dos distritos de Arraial do Cabo a partir desta segunda-feira. Por decisão da Prefeitura, o programa Transporte Social está suspenso por tempo indeterminado, até seja feito um recadastramento segundo requisitos legais.

Segundo a empresa que detém a concessão do transporte público no município, 10.049 pessoas – o que equivale a cerca de um terço da população – eram beneficiadas pelo programa, que reduzia pela metade a tarifa, isto é, de R$ 4,10 para R$ 2,05. O impacto no or- çamento é grande. Um passageiro que utilizava o benefício 22 dias por mês e gastava R$ 90,20, passará a desembolsar R$ 180,40.

A medida atinge em cheio os moradores dos distritos, como Monte Alto e Figueira, que tem nos ônibus o único meio de transporte coletivo para chegar ao centro da cidade, a mais de 20 Km de distância. A comerciante Patrícia Venâncio é uma que se mostra preocupada com a situação.

– Meu filho ainda vai no ‘amarelinho’ (ônibus escolar), mas e quem depende do outro ônibus para levar o filho pra escola? Não tem condições. A gente ganha pouco – lamenta.

Por sua vez, a estudante Bruna Franklim, moradora do bairro Caiçara, reclama que não houve divulgação suficiente da suspensão do benefício.

– Vizinhos e amigos me fa- laram sobre o assunto, que eles ouviram por um carro de som circulando no Arraial e um comunicado na TV. Eu mesma não vi na nada. Mas todos que me falaram souberam essa semana – relata.

Em nota, a Prefeitura afirma que lamenta o cancelamento do programa, mas que pediu a sua suspensão para não ampliar a dívida deixada pelo último governo e regularizar os direitos dos beneficiários. A Prefeitura disse ainda que fará um recadastramento para que seja concedido o benefício somente a quem preenche os requisitos legais, mas não deu prazo para que isso ocorra.

Já a Auto Viação Salineira disse que ‘compreende a crise econômica que o Estado do Rio de Janeiro e a cidade de Arraial do Cabo atravessam’, mas que a empresa não pode mais arcar com a falta dos repasses regulares que complementam o valor da tarifa, ‘sem colocar em risco o pagamento de despesas essenciais que garantam a segurança da população em relação à manutenção da frota e, também, a continuidade dos serviços prestados’.