Assine Já
quarta, 03 de março de 2021
São Paulo
39ºmax
24ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26908 Óbitos: 924
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3238 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7468 356
Iguaba Grande 2542 56
São Pedro da Aldeia 3551 126
Saquarema 2451 133
Últimas notícias sobre a COVID-19
​Carnaval com cidades cheias lota emergências dos hospitais

​Carnaval com cidades cheias lota emergências dos hospitais

No HCE de Cabo Frio houve queixas de demora no atendimento

12 fevereiro 2016 - 10h09
​Carnaval com cidades cheias lota emergências dos hospitais

A preocupação em relação ao serviço de Saúde nas cidades da região, sobretudo em Cabo Frio, durante o Carnaval, se revelou mais que justificada. Com o grande contingente de turistas, as emergências acabaram sobrecarregadas e no HCE de São Cristóvão chegou a haver algumas queixas de demora no atendimento. 

Somente naquela unidade, no total, foram feitos 2.631 atendimentos entre o sábado de carnaval e a quarta-feira de cinzas. O número inclui os atendimentos pediátricos e aos adultos. No sábado (6/2), foram 481 ocorrências (sendo 373 pediátricos e 108 de adultos); no domingo (7/2), 477 atendimentos (112 e 365); na segunda (8/2), 514 atendimentos (113 e 401); na terça, 560 atendimentos (122 e 438) e na quarta (10/2), 599 atendimentos (138 e 461). A unidade, que funciona anexa ao Hospital São José Operário, serviu de nova base de atendimentos emergenciais, no lugar da UPA do Parque Burle, hoje parcialmente desativada e recebendo apenas internações.

Já no Hospital da Mulher, no Braga, foram feitos entre a última sexta e a quarta-feira de cinzas, 270 atendimentos, com 59 internações. Por sua vez, na UPA de Tamoios, houve 6.762 registros de entrada, entre sexta e anteontem, com pico de atendimentos na segunda, com 1256. Também no segundo distrito, o Hospital de Tamoios recebeu 3.019 pacientes, com pico na sexta, com 715 atendimentos. No Hospital do Jardim Esperança, foram 2.631 ocorrências até a manhã de ontem. 

Arraial – A secretaria de Saúde do município cabista também divulgou ontem o balanço no setor durante os dias de folia. No Hospital Geral de Arraial do Cabo e no Pronto Socorro de Figueira, no segundo distrito, foram registrados 2.849 atendimentos durante o carnaval deste ano. Foram 744 (35%) a mais do que o ano passado. Entre as maiores causas de atendimento estão excesso de bebida alcoólica, intoxicação alimentar e zika vírus. De acordo com a pasta, houve ainda uma amputação de pé, um atendimento a acidentado grave de moto, dois socorros a vítimas de acidente de carro, um afogamento, uma intoxicação por veneno e duas vítimas de arma de fogo. Foram 81 socorros feitos por ambulâncias, cinco transferências, uma delas no helicóptero dos Bombeiros para o Rio de Janeiro e sessenta internações. Duas mortes foram registradas