Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
campanha

Candidatos usam internet para buscar votos

Campanha virtual seduz eleitores

09 setembro 2014 - 14h20Por Rodrigo Branco

Com a campanha eleitoral a todo vapor, é praticamente impossível sair de casa e não se deparar com dezenas de placas e cabos eleitorais empunhando bandeiras ou distribuindo santinhos de candidatos. É uma das formas mais antigas e tradicionais de propaganda política.

No entanto, ainda que de forma tímida se comparada à ostensividade da campanha nas ruas, cresce um novo tipo de militância, cada vez mais difundida: a virtual, na telinha de computadores, celulares e tablets.

Se na cidade, o que conta é o contato direto com o eleitor e o apelo visual; a internet representa a possibilidade de difundir as propostas e o trabalho dos postulantes a um cargo eletivo no próximo dia 5 de outubro, dado que na propaganda eleitoral de rádio e televisão, o tempo de cada um é de aproximadamente 30 segundos.

Na busca por mais curtidas e seguidores, ou melhor, dizendo, votos e eleitores, as estratégias são semelhantes. Divulgação da agenda, dados biográficos, trabalho em possíveis mandatos anteriores e principalmente fotos, muitas fotos de panfletagens e caminhadas. A principal aposta é no alcance, repercussão e interatividade das redes sociais. Praticamente todos os candidatos possuem uma página ou, ao menos, um perfil.

Não por coincidência, duas das campanhas mais ricas e estruturadas, as do deputado estadual Paulo Melo, que busca seu sétimo mandato e a do ex-prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes, ambos do PMDB, são as que possuem o maior número de ‘curtidas’ em suas páginas oficiais: 36.755 e 20.849, respectivamente (até o fechamento dessa edição).

Fecham a lista dos ‘top 5, Bernardo Ariston, do PR, com 12.024 ‘curtidas’; o pedetista Janio Mendes (11.213) e o verde Alfredo Gonçalves (10.094).

O atual presidente da Alerj também se destaca no Twitter, mídia ainda não muito bem explorada pelas cúpulas de campanha dos candidatos. Melo tem ‘ apenas’ 4.579 seguidores, números modestos, se comparado ao universo de potenciais eleitores.

Ainda assim, um desempenho extraordinário, comparado aos de seus concorrentes Gonçalves e do vereador Aquiles Barreto (SD), por exemplo, com três e 95 seguidores, respectivamente.

Naturalmente, há espaço para peculiaridades. Nas páginas dos candidatos e adversários Silas Bento e Fernando do Comilão, do PSDB, por exemplo, algumas das postagens são de cunho religioso e de auto-ajuda. Daqui a menos de um mês, os eleitores fluminenses saberão quem transformará apoio virtual em voto.