Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
calendário de eventos

Calendário de Eventos deve sair no segundo semestre

Turismo e Cultura elaboram propostas para definir atrações para o período

11 junho 2015 - 09h18Por Nicia Carvalho

Um novo calendário de atrações para Cabo Frio, cujo objetivo é melhorar a qualidade do turismo, deve entrar em vigor ainda no segundo semestre deste ano. O projeto é tocado pela secretaria de Turismo em parceria com a de Cultura e o Departamento de Eventos da Prefeitura.
– A cidade faz show, festa e ninguém sabe. Temos que redefinir o perfil dos eventos para estabelecer um calendário que seja atração turística, mas que, ao mesmo tempo, traga turista de qualidade. Por isso propus essa discussão com a (secretaria) Cultura e (departamento) Eventos – explicou Dirlei Pereira, secretário de Turismo.
Segundo ele, na próxima semana, cada pasta vai apresentar as propostas e então uma pauta conjunta será elaborada para definição do calendário, já com as datas para os eventos. Depois, o projeto passará pelo crivo do prefeito Alair Corrêa (PP). A expectativa, de acordo com Dirlei, é fazer com que o calendário seja atemporal.
– O cronograma de eventos precisa ser apolítico, não pode ser de um governo só. É preciso que haja continuidade e que tanto as datas quanto os nomes das atrações precisam ser definitivos, e não mudar ao sabor dos governos. Isso facilita que o turista se planeje, o que reflete no turismo da cidade – explicou, citando o Festival de Cinema Curta Cabo Frio, que tradicionalmente é realizado em setembro, mas que este ano vai acontecer neste mês.

Carros de som e de gás com dias contados
Na próxima semana, Dirlei Pereira se reúne com os secretários de Meio Ambiente, Serviços Públicos e Ordem Pública, além da delegada titular de Cabo Frio, Flávia Monteiro, para tratar da questão dos carros de som e de gás que circulam pela cidade, contrariando lei municipal. Também estará em pauta no encontro o planejamento para o verão.
Para isso, está sendo criado o projeto Cabo Frio+, que segundo Dirlei será uma espécie de fórum para discutir os principais problemas da cidade principalmente durante a alta temporada, mas com vistas para o ano inteiro.
– O foco é o período de verão, porque é quando os problemas se avolumam, mas a ideia é traçar um planejamento que seja executado ao longo de todo o anos – antecipou o secretário Dirlei Pereira.