Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
calendário de eventos

Calendário de Eventos deve sair no segundo semestre

Turismo e Cultura elaboram propostas para definir atrações para o período

11 junho 2015 - 09h18Por Nicia Carvalho

Um novo calendário de atrações para Cabo Frio, cujo objetivo é melhorar a qualidade do turismo, deve entrar em vigor ainda no segundo semestre deste ano. O projeto é tocado pela secretaria de Turismo em parceria com a de Cultura e o Departamento de Eventos da Prefeitura.
– A cidade faz show, festa e ninguém sabe. Temos que redefinir o perfil dos eventos para estabelecer um calendário que seja atração turística, mas que, ao mesmo tempo, traga turista de qualidade. Por isso propus essa discussão com a (secretaria) Cultura e (departamento) Eventos – explicou Dirlei Pereira, secretário de Turismo.
Segundo ele, na próxima semana, cada pasta vai apresentar as propostas e então uma pauta conjunta será elaborada para definição do calendário, já com as datas para os eventos. Depois, o projeto passará pelo crivo do prefeito Alair Corrêa (PP). A expectativa, de acordo com Dirlei, é fazer com que o calendário seja atemporal.
– O cronograma de eventos precisa ser apolítico, não pode ser de um governo só. É preciso que haja continuidade e que tanto as datas quanto os nomes das atrações precisam ser definitivos, e não mudar ao sabor dos governos. Isso facilita que o turista se planeje, o que reflete no turismo da cidade – explicou, citando o Festival de Cinema Curta Cabo Frio, que tradicionalmente é realizado em setembro, mas que este ano vai acontecer neste mês.

Carros de som e de gás com dias contados
Na próxima semana, Dirlei Pereira se reúne com os secretários de Meio Ambiente, Serviços Públicos e Ordem Pública, além da delegada titular de Cabo Frio, Flávia Monteiro, para tratar da questão dos carros de som e de gás que circulam pela cidade, contrariando lei municipal. Também estará em pauta no encontro o planejamento para o verão.
Para isso, está sendo criado o projeto Cabo Frio+, que segundo Dirlei será uma espécie de fórum para discutir os principais problemas da cidade principalmente durante a alta temporada, mas com vistas para o ano inteiro.
– O foco é o período de verão, porque é quando os problemas se avolumam, mas a ideia é traçar um planejamento que seja executado ao longo de todo o anos – antecipou o secretário Dirlei Pereira.