Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
cabofriense

Cabofriense sem estádio

Prefeitura não tomou providências para liberar Correão

13 janeiro 2016 - 12h20

Enquanto gramados do país inteiro com a padronização imposta pela CBF, a diretoria da Cabofriense ainda vive o impasse de contar com sua casa para o Campeonato Carioca. A quase vinte dias para a estreia contra o América, o clube continua tentando a liberação do Correão para mandar os jogos. Céticos, sem esperar a Secretaria de Esporte, que administra o campo, os dirigentes buscaram outras alternativas: acertos com o Boavista ou o Macaé.
De acordo com o diretor de futebol, Ramon Oliveira, a situação do clube é muito complicada. Para se ter uma ideia, é difícil até conseguir a liberação para jogar com os portões fechados.
– Está difícil. Se conseguir alguma melhoria nesse meio tempo, é capaz do time jogar com os portões fechados. Mas até assim temos que cumprir algumas exigências. Precisamos reformar o alambrado e melhorar a estrutura de maneira geral. Só jogaríamos com o apoio da torcida se conseguíssemos os laudos.
O dirigente já passou há muito tempo os pedidos da federação para a Secretaria de Esportes, que até agora não tomou as providências necessárias.
– A gente comunicou à secretaria e repassou o enviado para o secretário. Até agora não está resolvido. Para não correr riscos, resolvemos ligar para o Boavista e Macaé para garantir o campo - finalizou. 

*Foto: internet