Assine Já
sexta, 03 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabofriense

Cabofriense luta pela sobrevivência no Carioca

Contra o Nova Iguaçu, hoje, em casa, time não pode sequer pensar no empate

28 março 2015 - 16h07Por TEXTO: RODRIGO BRANCO I FOTO: ANDREIA MACIEL
Cabofriense luta pela sobrevivência no Carioca

Não tem jeito. Agora para a Cabofriense é questão de vida ou morte. Se quiser garantir seu lugar na elite do futebol carioca em 2016, o time precisa vencer as ‘três finais de Copa do Mundo’, que fará de agora em diante pelo Campeonato Carioca. E a primeira decisão é hoje, às 16h, no Correão, contra o Nova Iguaçu, lanterna da competição e rival direto na fuga da degola.

Com apenas oito pontos na tabela, dois a mais que o oponente de logo mais, a equipe de Édson Souza não pode sequer pensar no empate, sob a  pena de terminar a rodada no temido Z-2 ou pelo menos na Seletiva, torneio com os times que ficarem entre o 11º e 14º lugares na Taça Guanabara e o vice-campeão da série B. Apenas os três primeiros desses permanecerão na série A no ano que vem.

Para o compromisso contra o time da Baixada, Édson Souza não terá o zagueiro Leandrão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo tomado contra o Fluminense, na quinta-feira. Victor Silva deve ser o substituto. Gilcimar deve permanecer no ataque, pois Fabrício Carvalho sofreu nova lesão, desta vez na coxa esquerda e novamente será desfalque. Apesar da situação crítica em que o Tricolor Praiano se encontra, o lateral-esquerdo Leandro está otimista.

– Realmente a nossa situação é delicada, mas vamos lutar muito nesses três jogos, são três decisões que temos. Uma vitória em casa vai dar o moral que nossa galera precisa. A briga está muito grande e a pressão é para todos. O Nova Iguaçu também busca o mesmo que nós, e isso faz a partida ser a mais importante de nossas vidas. Vai ser um bom jogo e com um resultado positivo para nosso grupo – disse o capitão da equipe.

Com a ausência de Leandrão, Édson Souza deve mandar a campo o time com Rafael, Lenon, Victor Silva, Vladimir e Leandro, Éverton, Hiroshi, Gérson, Marcinho e Arthur Faria, Gilcimar. Os ingressos serão vendidos a partir das 13h na bilheteria do estádio, com preços de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).