Assine Já
sábado, 19 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 43323 Óbitos: 1676
Confirmados Óbitos
Araruama 10701 336
Armação dos Búzios 5202 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11534 622
Iguaba Grande 4461 107
São Pedro da Aldeia 5895 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabofriense

Cabofriense luta pela sobrevivência no Carioca

Contra o Nova Iguaçu, hoje, em casa, time não pode sequer pensar no empate

28 março 2015 - 16h07Por TEXTO: RODRIGO BRANCO I FOTO: ANDREIA MACIEL
Cabofriense luta pela sobrevivência no Carioca

Não tem jeito. Agora para a Cabofriense é questão de vida ou morte. Se quiser garantir seu lugar na elite do futebol carioca em 2016, o time precisa vencer as ‘três finais de Copa do Mundo’, que fará de agora em diante pelo Campeonato Carioca. E a primeira decisão é hoje, às 16h, no Correão, contra o Nova Iguaçu, lanterna da competição e rival direto na fuga da degola.

Com apenas oito pontos na tabela, dois a mais que o oponente de logo mais, a equipe de Édson Souza não pode sequer pensar no empate, sob a  pena de terminar a rodada no temido Z-2 ou pelo menos na Seletiva, torneio com os times que ficarem entre o 11º e 14º lugares na Taça Guanabara e o vice-campeão da série B. Apenas os três primeiros desses permanecerão na série A no ano que vem.

Para o compromisso contra o time da Baixada, Édson Souza não terá o zagueiro Leandrão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo tomado contra o Fluminense, na quinta-feira. Victor Silva deve ser o substituto. Gilcimar deve permanecer no ataque, pois Fabrício Carvalho sofreu nova lesão, desta vez na coxa esquerda e novamente será desfalque. Apesar da situação crítica em que o Tricolor Praiano se encontra, o lateral-esquerdo Leandro está otimista.

– Realmente a nossa situação é delicada, mas vamos lutar muito nesses três jogos, são três decisões que temos. Uma vitória em casa vai dar o moral que nossa galera precisa. A briga está muito grande e a pressão é para todos. O Nova Iguaçu também busca o mesmo que nós, e isso faz a partida ser a mais importante de nossas vidas. Vai ser um bom jogo e com um resultado positivo para nosso grupo – disse o capitão da equipe.

Com a ausência de Leandrão, Édson Souza deve mandar a campo o time com Rafael, Lenon, Victor Silva, Vladimir e Leandro, Éverton, Hiroshi, Gérson, Marcinho e Arthur Faria, Gilcimar. Os ingressos serão vendidos a partir das 13h na bilheteria do estádio, com preços de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).