Assine Já
domingo, 29 de novembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
caps

Cabo Frio tem 30 dias para apresentar plano para implantação de CAPS infanto-juvenil

Ministério Público afirma que inexistência do Centro viola o direito dessa população

30 março 2016 - 12h18

 

O Município de Cabo Frio terá que apresentar um projeto para a implantação de um Centro de Atenção Psicossocial para atendimento de crianças e adolescentes com transtornos mentais no prazo máximo de 30 dias. A 1ª Promotoria da Infância e da Juventude de Cabo Frio, obteve na Justiça decisão com antecipação de tutela que obriga a administração municipal a fazer um plano de ação nos moldes requeridos pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).

A medida foi concedida em ação civil pública que resultou de inquérito civil instaurado em 2012 com o objetivo mapear a política de atendimento a crianças e adolescentes usuários de drogas. As investigações demonstraram uma enorme deficiência na rede de saúde mental do município.

A inexistência de um CAPS com serviços exclusivos para o público infanto-juvenil na modalidade ambulatorial de atenção diária viola o direito dessa população. De acordo com a promotora de Justiça Luana de Albuquerque, que subscreve a ação, foram feitas indagações, expedidos ofícios e houve tentativa, inclusive, de firmar um termo de ajustamento de conduta (TAC) com a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde, sem êxito.