Assine Já
sexta, 27 de novembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 11817 Óbitos: 538
Confirmados Óbitos
Araruama 2355 117
Armação dos Búzios 1070 16
Arraial do Cabo 388 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1107 40
São Pedro da Aldeia 1801 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio Motoclube

Cabo Frio Motoclube celebra Dia do Motociclista com festa neste sábado (23)

O som vai ficar por conta da banda de rock Faixa Etária

23 julho 2016 - 15h55Por Gabriel Tinoco I Foto: Divulgação
Cabo Frio Motoclube celebra Dia do Motociclista com festa neste sábado (23)

Se tem uma coisa que motociclista não gosta, é de esperar. Mas, em vez de meter o pé na estrada, os integrantes do Cabo Frio Motoclube aceleraram a festa do Dia do Motociclista (celebrado tradicionalmente no dia 27). O evento acontecerá na sede do motoclube, na Avenida Vereador Ferreira dos Santos, no Braga, hoje, às 20h. O show fica por conta de uma velha conhecida dos cabofrienses: a banda Faixa Etária, com um repertório que passeia pelas músicas autorais e pelo bom e velho rock n’ roll clássico. A entrada é livre.

O encontro aguarda motocicletas de todo Estado do Rio de Janeira – uma chance para ver veículos de várias marcas na cidade. Mas a comemoração não se restringe aos amantes desse estilo de vida – a organização convida todos os cabofrienses para curtir boa música e, claro, alimentos saborosos no bar do motoclube.

Pouco depois do Tubarões Bikerfest, mais um evento consolida a paixão cabofriense pela vida sobre duas rodas. Um dos integrantes do Cabo Frio Motoclube, Kayã Ramos, revelou que a ideia surgiu para aproveitar o Festival de Bandas, feito todo sábado na sede.

– O dia do motociclista é comemorado dia 27. Cai numa quarta-feira. Resolvemos antecipar porque, em todo sábado, há o Festival de Bandas do Cabo Frio Motoclube. Nesse evento, alternamos bandas da região com bandas do circuito motociclista. Nosso objetivo, além de atrair o público, é dar uma exposição para os grupos só conhecidos nesse raio que envolve a cidade. A banda Faixa Etária não precisa dessa exposição, mas já estava fechada para o festival. Então, pensamos em comemorar o Dia do Motociclista logo nesse sábado (hoje). Aqui é uma área residencial. Nós abrimos todos os dias, mas não podemos botar um rock no meio da semana. Normalmente, quem se apresenta são cantores de violão e voz, na quinta e na sexta – afirma.

Nesse festival, uma banda já conseguiu um contrato importante.

– Tem uma banda de Rio das Ostras chamada Diligências. Os membros vieram me agradecer no WhatsApp porque um cara de Búzios assistiu o show deles aqui e convidou a banda para tocar no Encontro de Motos de Búzios, que é tão grande quanto o de Cabo Frio. Portanto, nossa ideia é convidar pessoas para ouvir o rock, que é a nossa identidade, mas também dar essa exposição – conta.

E, em pleno dia deles, há bastante o que comemorar. Kayã afirma que o maior desafio do motociclista é desmistificar o preconceito das pessoas.

– Nós, do Cabo Frio Motoclube, fazemos uma viagem grande por ano. Tentamos desmistificar essa imagem do motociclista, que as pessoas acham que desrespeitamos os outros ou que cometemos atos ilícitos. Nossa sede é um ambiente muito familiar. Fazemos questão que os integrantes levem as esposa e que os filhos estejam sempre presentes. Aqui, dá para ver crianças tanto na hora do almoço quanto no turno da noite. Temos até totó aqui para elas brincarem.

Mas ele garante: não basta vontade para arriscar a vida sobre duas rodas.

– O motociclismo passou por uma fase recente de oba oba. Muitas pessoas se interessaram e quiseram praticar na base do entusiasmo. Mas o motociclismo não é uma questão de vontade, mas sim de coragem. É a vontade de muitos e a coragem de poucos – finaliza.