Assine Já
sábado, 16 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
AGORA VAI?

Cabo Frio fica mais perto de ter Centro de Feiras e Eventos na Morada do Samba

Prefeito eleito José Bonifácio detalha os planos para tirar obra do papel em 2021

27 novembro 2020 - 15h06Por Rodrigo Branco

Sonho acalentado há muitos anos pelo setor turístico em Cabo Frio, o espaço fixo para a realização de convenções e congressos no município pode se tornar realidade já a partir do ano que vem. O prefeito eleito José Bonifácio (PDT) detalhou para a Folha, com exclusividade, como estão as conversas para a construção do prometido Centro Municipal de Feiras e Eventos, na área onde fica a Morada do Samba, na Praia do Siqueira.

Bonifácio adianta que o modelo a ser adotado para a realização da obra é o de parceria público-privada (PPP), uma vez que o município não tem recursos financeiros para aplicar no empreendimento, estimados em R$ 10 milhões. A lei municipal nº 2.905, de 7 de dezembro de 2017, já regulamenta esse tipo de parceria. O conceito básico é atrair investimento de grupos particulares, que terá retorno a partir da exploração do local por um período de tempo pré-estabelecido. Além de ganhar um novo equipamento, o município receberá os impostos referentes ao uso do novo espaço, como o ISS.

Nesse sentido, o exemplo a ser seguido, segundo o prefeito eleito, é o da revitalização do Mercado Municipal de Niterói, cuja primeira parte foi finalizada, e o espaço entregue à população no último dia 22. Bonifácio disse já ter alinhavada uma parceria técnica com os niteroienses para a elaboração do projeto nos galpões da Morada. O local vai ganhar auditório, e praça de alimentação, entre outras instalações. 
Apesar da mudança de gestão, o diálogo será mantido, pois o próximo prefeito do município da Região Metropolitana será Axel Grael, do mesmo partido de Bonifácio. 

– O antigo Mercado Municipal estava completamente abandonado, e o [atual] prefeito Rodrigo Neves resolveu fazer um projeto ali, tornando-o um mercado moderno, e mantendo as características do prédio. Fez uma licitação, várias empresas apresentaram propostas para investir no projeto que foi feito, e ganhou uma que terá o direito de explorar por 25 anos. Pedi ajuda a ele para que a gente pudesse, assim que assumir, elaborar com a ajuda dos técnicos da Prefeitura de Niterói um projeto de adaptação e utilização dos barracões para ali ser o Centro Permanente de Feiras e Eventos de Cabo Frio – explica Bonifácio.

(*) Confira a reportagem completa na edição semanal da Folha, que circula em todas as bancas. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.