Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7847 Óbitos: 412
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 473 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Cabo Frio e São Pedro sem previsão para o 13º salário

Em Cabo Frio, há casos de servidores que seguem ser receber o vencimento de agosto

20 dezembro 2016 - 00h48Por Rodrigo Branco I foto: Arquivo Folha
Cabo Frio e São Pedro sem previsão para o 13º salário

 Milhares de funcionários pú­blicos não poderão contar com o tradicional reforço no orça­mento para as compras nata­linas. Pela legislação, hoje é o último dia para o pagamento do 13º salário, mas as prefeituras de Cabo Frio e São Pedro da Al­deia não vão quitar o compro­misso, tampouco têm previsão de fazê-lo.

No município cabofriense, por exemplo, há casos de ser­vidores que sequer chegaram a receber os vencimentos de agos­to. Em grave crise financeira e administrativa, a administração municipal possui dívidas com praticamente todos os segmen­tos do funcionalismo. Algumas do ano passado, inclusive, uma vez que duas parcelas da grati­ficação referentes a 2015 ainda estão pendentes.

A onze dias do fim da atual gestão, a insatisfação só cresce. Ontem, pelo terceiro dia útil con­secutivo, os guardas municipais fecharam a Ponte Feliciano So­dré para reivindicar o pagamento de novembro. O ato durou cerca de duas horas e, mais uma vez, causou transtornos ao trânsito.

No PAM de São Cristóvão, as consultas e o atendimento ambulatorial estão parados des­de a manhã de ontem por causa da paralisação dos funcionários. Apenas exames já marcados es­tão sendo realizados. Há meses sem receber, os servidores con­dicionam a volta ao batente à quitação dos atrasados.

Por sua vez, apesar de não estar no mesmo patamar de di­ficuldade da cidade vizinha, São Pedro teve problemas na área de Saúde este ano, quando o Pronto Socorro chegou a ficar fechado por falta de insumos básicos. Entretanto, o pagamento do fun­cionalismo está em dia. De todo modo, a Prefeitura não se pro­nunciou sobre o motivo do atra­so no pagamento da gratificação de fim de ano.

Em nota enviada após o fechamento da edição impressa, a Prefeitura de Cabo Frio informou que está finalizando a folha salarial. As equipes municipais da Secretaria de Fazenda estão reunidas nesta manhã de segunda - feira (19), estabelecendo um cronograma para pagamento, fechando a Folha Salarial do mês de Setembro, sem preferenciar qualquer categoria. 

O texto diz ainda que a quitação dos salários será feita de acordo com a chegada de receitas, pois não há saldo para efetuar pagamento de pessoal em apenas uma vez e que a Prefeitura de Cabo Frio trabalha empenhada na resolução dos salários do funcionalismo público.

Outro lado da moeda: Arraial e Búzios

Na região, os servidores muni­cipais de Arraial do Cabo e Búzios tiveram melhor sorte, uma vez que nas duas cidades a primeira par­cela do 13º salário já foi paga e o depósito da segunda está previsto para hoje. O secretário de Fazenda cabista, Antônio Carlos Félix, co­mentou que há uma pequena pos­sibilidade do pagamento ser feito até amanhã, mas que a Prefeitura não pretende deixar qualquer pen­dência salarial para a gestão de Renatinho Vianna (PRB). Somen­te com a segunda metade da grati­ficação de Natal sairão dos cofres municipais cerca de R$ 2 milhões.

– Temos dificuldades, mas o prefeito Tequinho procurou fazer reduções na folha para que possa­mos terminar o ano bem encami­nhados. Ainda estou esperando al­gumas receitas se concretizarem, mas com o salário de dezembro não vai ter problema – comentou Toninho, como é conhecido.

No balneário, o cenário é pare­cido. De acordo com a assessoria de Comunicação da Prefeitura bu­ziana, “foi priorizado o pagamen­to dos funcionários” e não houve problemas salariais este ano.