Assine Já
sábado, 04 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
carnaval

Cabo Frio e Arraial do Cabo registram 602 afogamentos no Carnaval

20 fevereiro 2015 - 20h46
O comando do 18° Grupamento de Bombeiro de Bombeiro Militar divulgou um levantamento parcial das operações realizadas pela corporação durante o Carnaval. A estatística levou em conta somente as ocorrências registradas em Cabo Frio e Arraial do Cabo. Nesses dois municípios, os bombeiros atuaram em 116 eventos diversos. Houve 91 vítimas. A maioria delas por mal súbito. Duas delas faleceram no hospital. Também foram registrados 602 afogamentos, sendo que 257 dos casos aconteceram na Praia Grande, em Arraial do Cabo.
O levantamento foi feito com base nos eventos ocorridos entre a última sexta-feira e ontem.  As ocorrências que mais acionaram os bombeiros nesse período foram às pessoas que sofreram mal súbito (31), seguidas daquelas que foram vítimas de colisão de veículos (27) e depois por quedas (12). Também houve registros de agressão (6), queda de moto (7) e princípio de incêndio (4). 
Os afogamentos também deram bastante trabalho aos bombeiros. De acordo com a corporação, a Praia Grande, em Arraial do Cabo, foi a que concentrou o maior número de casos (257), seguido de Tamoios, segundo distrito de Cabo Frio, que registrou 161 ocorrências nos balneários de Unamar e Santo Antônio. Apesar de o número de eventos este ano ter sido maior que o do ano passado, o comandante do 18° GBM, tenente-coronel Leonardo Couri, constatou que as ocorrências foram menos graves.
– Os casos, apesar de muitos, foram menos graves. Atribuo a isso a inauguração do quartel de Arraial do Cabo e a estratégia adotada com veículos concentrados nos principais pontos de concentração de pessoas, que não incluíram somente aqueles onde houve Carnaval e sim por toda a região – analisou o comandante.