Assine Já
quinta, 24 de setembro de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
jornalistas

Cabo Frio deixa ótima impressão em jornalistas estrangeiros

Mídia internacional desembarcou na cidade por meio de convênio entre Superintendência de Turismo e empresariado local

24 agosto 2016 - 09h23Por Texto e foto: Rodrigo Branco
Cabo Frio deixa ótima impressão em jornalistas estrangeiros

Saudade é palavra que só existe na língua portuguesa, mas no que depender da impressão deixada pelo Brasil e, mais recentemente por Cabo Frio, os jornalistas estrangeiros que vieram cobrir os Jogos Olímpicos do Rio levarão ótimas recordações na bagagem e no coração.
A terceira de uma série de visitas – chamadas ‘press trips’ – promovidas pela Superintendência de Turismo e pelo Convention Bureau de Cabo Frio, com apoio de empresários locais, reuniu nos últimos três dias 12 profissionais de imprensa de diferentes órgãos da Argentina, Colômbia, México, Espanha e Alemanha.

O resultado da empreitada é evidente, conforme a reportagem pôde constatar durante a chegada dos ‘periodistas’, ou  jornalistas, em bom português, no Terminal dos Transatlânticos no começo da tarde de ontem, após um passeio de táxi aquático pelo canal do Itajuru.
Os sorrisos em cada rosto branco, mas queimado pela ação do mormaço, e as expressões de satisfação, justificam o investimento para agradar os formadores de opinião gringos.

– Para gente é muito importante porque daqui eles pautam, emitem algumas publicações direto para seus diários e agências de notícias. Aqui tem mídia impressa, locutores de rádio, televisão, blogs, que hoje em dia estão em alta. É um trabalho muito específico – explica a superintendente municipal de Turismo, Luane Ferreira, celebrando o apoio da Secretaria Estadual e do empresariado que viabilizou financeiramente o projeto.

Cada um dos visitantes recebeu um exemplar da Folha, mas em que pese o interesse pelo trabalho do jornal, a concorrência com a bela paisagem do bairro da Passagem era grande. As belezas naturais, aliás, despertaram a curiosidade no freelancer alemão Félix Lill, que mora em Tóquio, que vai sediar a próxima edição dos Jogos Olímpicos.

O 7x1 à parte, o germânico foi simpático e lembrou que os alemães perderam a final olímpica do futebol, mas o que o impressionou mesmo em sua primeira vez no país não foi a trupe de Neymar e companhia, mas sim a vegetação cabofriense e seus cactos.

– A natureza é muito linda. No caminho, me chamou a atenção o cactos em meio às plantas, o que nunca tinha visto antes. Sempre que vejo cactos é no meio do deserto. Isso me parece único. É a primeira vez em Cabo Frio. Deveria ter vindo antes – revelou.

Para a presidente do Convention Bureau, Maria Inês Oliveros, o trabalho é um ‘divisor de águas’ para a cidade. ‘Eles darão matéria positivas para Cabo Frio e para o Brasil, ao contrário do que se vinha falando antes das Olimpíadas. Penso que é um novo cenário para o Brasil e para região, especialmente para Cabo Frio pós-Olimpíadas – disse Maria Inês.