Assine Já
quarta, 08 de julho de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 261 601 41
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 959 61
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 17 500 18
Saquarema 7 518 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Arraial do Cabo

Bonifácio fala em união do PDT

Cacique político foi indicado pré-candidato da sigla em Arraial do Cabo

04 agosto 2015 - 08h00

Rodrigo Branco

 

Mais do que uma simples escolha para ser o pré-candi­dato do PDT à Prefeitura de Arraial do Cabo, a indicação consensual de José Bonifácio Novellino para concorrer ao cargo, sacramentada na últi­ma sexta-feira, pode repre­sentar o início da reestrutu­ração do partido não apenas na cidade como em toda a região. Isso porque Zé, como é conhecido, tem dedicado boa parte do tempo fazendo caminhadas pelo município para ouvir a população. Nos bastidores, conversas tentam colar os cacos de um parti­do marcado pelas desavenças internas nos últimos tempos. Mas Bonifácio garante que o tempo agora é de união, inclusive com o ex-prefeito Henrique Melman, adversá­rio na última convenção.

– O PDT cabista tem uma história. Eu e Melman já tí­nhamos acertado o apoio de quem não fosse o escolhido ao que fosse. Temos feito reu­niões semanais para avaliar­mos projetos para a cidade. O militante está muito animado e eu também. Hoje (ontem) mesmo, eu acordei cedo, saí para caminhar pela cidade e percebi a turma muito empolgada, com muita gente suge­rindo candidatos a vereador – disse Bonifácio.

Aliás, com a proximidade da data limite para filiações partidárias para quem deseja disputar as eleições do ano que vem (o prazo vence em 30 de setembro), a preocupação de Bonifácio é com a forma­ção de uma nominata compe­titiva para o pleito legislativo. Para ele, a discussão sobre os nomes dos futuros candidatos a vereador é tão importante quanto a elaboração do plano de Governo e ainda mais rele­vante que a escolha do futuro companheiro de chapa.

– É cedo para pensar nisso (nome do vice). No momen­to, estamos concentrados em fazer a nominata para vere­ador. Fazer uma boa Câma­ra é tão ou mais importante do que qualquer outra questão. O prefeito sozinho não faz nada. Procuramos nomes que tenham compromisso com nosso programa de Governo e com a questão pública. E hoje, de um modo geral, as pessoas que ocupam lugares públicos colocam seus inte­resses pessoais em primeiro lugar – avalia.

Mesmo com dois mandatos de prefeito de Cabo Frio no currículo (1977-1982 e 1993-1996), além da experiência como deputado estadual e em outros cargos da admi­nistração estadual, Bonifácio garante respeitar todos os fu­turos concorrentes, embora reconheça que a longa vida pública seja uma vantagem em relação aos demais, sem a mesma rodagem. Ele pre­fere mesmo exaltar a antiga amizade com Luiz Fernando Pezão (PMDB), de quem foi secretário de Pesca, desde os tempos que o atual governa­dor era apenas vereador em Piraí. Apostado nisso, para ele as divergências partidá­rias não significarão o isola­mento do município.

 

*Matéria completa na edição impressa desta terça (4)