Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Arraial do Cabo

Bonifácio fala em união do PDT

Cacique político foi indicado pré-candidato da sigla em Arraial do Cabo

04 agosto 2015 - 08h00

Rodrigo Branco

 

Mais do que uma simples escolha para ser o pré-candi­dato do PDT à Prefeitura de Arraial do Cabo, a indicação consensual de José Bonifácio Novellino para concorrer ao cargo, sacramentada na últi­ma sexta-feira, pode repre­sentar o início da reestrutu­ração do partido não apenas na cidade como em toda a região. Isso porque Zé, como é conhecido, tem dedicado boa parte do tempo fazendo caminhadas pelo município para ouvir a população. Nos bastidores, conversas tentam colar os cacos de um parti­do marcado pelas desavenças internas nos últimos tempos. Mas Bonifácio garante que o tempo agora é de união, inclusive com o ex-prefeito Henrique Melman, adversá­rio na última convenção.

– O PDT cabista tem uma história. Eu e Melman já tí­nhamos acertado o apoio de quem não fosse o escolhido ao que fosse. Temos feito reu­niões semanais para avaliar­mos projetos para a cidade. O militante está muito animado e eu também. Hoje (ontem) mesmo, eu acordei cedo, saí para caminhar pela cidade e percebi a turma muito empolgada, com muita gente suge­rindo candidatos a vereador – disse Bonifácio.

Aliás, com a proximidade da data limite para filiações partidárias para quem deseja disputar as eleições do ano que vem (o prazo vence em 30 de setembro), a preocupação de Bonifácio é com a forma­ção de uma nominata compe­titiva para o pleito legislativo. Para ele, a discussão sobre os nomes dos futuros candidatos a vereador é tão importante quanto a elaboração do plano de Governo e ainda mais rele­vante que a escolha do futuro companheiro de chapa.

– É cedo para pensar nisso (nome do vice). No momen­to, estamos concentrados em fazer a nominata para vere­ador. Fazer uma boa Câma­ra é tão ou mais importante do que qualquer outra questão. O prefeito sozinho não faz nada. Procuramos nomes que tenham compromisso com nosso programa de Governo e com a questão pública. E hoje, de um modo geral, as pessoas que ocupam lugares públicos colocam seus inte­resses pessoais em primeiro lugar – avalia.

Mesmo com dois mandatos de prefeito de Cabo Frio no currículo (1977-1982 e 1993-1996), além da experiência como deputado estadual e em outros cargos da admi­nistração estadual, Bonifácio garante respeitar todos os fu­turos concorrentes, embora reconheça que a longa vida pública seja uma vantagem em relação aos demais, sem a mesma rodagem. Ele pre­fere mesmo exaltar a antiga amizade com Luiz Fernando Pezão (PMDB), de quem foi secretário de Pesca, desde os tempos que o atual governa­dor era apenas vereador em Piraí. Apostado nisso, para ele as divergências partidá­rias não significarão o isola­mento do município.

 

*Matéria completa na edição impressa desta terça (4)