Assine Já
domingo, 20 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Bombeiros

Bombeiros terão helicóptero para uso exclusivo na região

Modelo AS 350-B2 seráenviado pelo Comando-Geral da corporação

04 maio 2017 - 07h13
Bombeiros terão helicóptero para uso exclusivo na região

A partir do próximo verão, a região já deve contar com um re­forço e tanto para a área de segu­rança. O comando-geral do Corpo de Bombeiros enviará para o 18º GBM (Cabo Frio) um helicóptero modelo AS 350-B2, usado pela corporação em operações de res­gate no mar e controle de incên­dio na vegetação. Dotado de UTI móvel, o equipamento também servirá para agilizar o atendimen­to e o transporte de feridos em acidentes de carro, por exemplo.

– Temos uma base no Rio, que conta com cinco helicópteros. O objetivo é estender esse serviço  para todo o Estado e diminuir esse tempo de resposta. Tivemos mais de 10 mil afogamentos nessa região só no ano passa­do. Tempo é vida. Quanto mais rápido a gente consegue chegar no paciente, maior a sobrevida dele – explicou o comandante do Grupamento de Operações Aéreas dos Bombeiros, tenen­te-coronel Adalberto Neiva, que reuniu-se ontem em Cabo Frio com o comandante do 18º GBM, tenente-coronel Cássio Capelli.

O local escolhido para rece­ber o helicóptero é um terreno próximo ao destacamento dos Bombeiros em Arraial do Cabo, que fica ao lado do pórtico de entrada da cidade. Segundo Nei­va, a área é a ideal para receber o hangar de manutenção e o he­liponto por ser próximo das de­mais cidades e ficar distante de casas e da fiação elétrica. A es­timativa é que com o aparelho, os resgates em Cabo Frio acon­teçam em até cinco minutos. Em Búzios, no máximo, em dez.

– Essa ‘expertise’ com a aero­nave vai propiciar um apoio à tro­pa no socorro terrestre – comentou o tenente-coronel Cássio Capelli.

O custo das obras ficará a cargo da Prefeitura de Arraial. Duran­te uma reunião feita na tarde de ontem com o prefeito Renatinho Vianna, ficou decidido que os Bombeiros apresentarão o projeto técnico das instalações dentro de dez dias. A partir de então, serão levantados os custos e decidido quando começam os trabalhos.

– A permanência dessa ae­ronave fixa em Arraial vai dar muita tranquilidade para os tu­ristas e a população, tanto para os resgates no mar como para os atendimentos de emergência – vislumbra Renatinho.