Assine Já
sábado, 06 de junho de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 151 Confirmados: 1348 Óbitos: 109
Suspeitos: 151 Confirmados: 1348 Óbitos: 109
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 65 348 29
Armação dos Búzios 38 113 3
Arraial do Cabo 14 48 9
Cabo Frio X 416 29
Iguaba Grande 13 94 13
São Pedro da Aldeia 12 124 9
Saquarema 9 205 17
Últimas notícias sobre a COVID-19
CONTRA RECOMENDAÇÃO DA OMS

Bolsonaro afirma que cogita decreto para que todos voltem a trabalhar

Declaração veio após visita a vários locais da capital federal, como padarias, postos de combustível, mercados e farmácias

29 março 2020 - 16h46Por Redação
Bolsonaro afirma que cogita decreto para que todos voltem a trabalhar

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (29) que está pensando em assinar decreto para que todos os profissionais voltem ao trabalho. "Eu estou com vontade, não sei se vou fazer, mas estou com vontade de baixar um decreto amanhã: toda e qualquer profissão legalmente existente, ou aquela voltada para a informalidade, mas que for necessária para o sustento dos seus filhos, para levar o leite para os seus filhos, levar arroz e feijão para a sua casa vai poder trabalhar", afirmou ao chegar no Palácio da Alvorada.

A declaração veio após visita a vários locais da capital federal, como padarias, postos de combustível, mercados e farmácias. A entrevista do presidente foi transmitida nas redes sociais.

Bolsonaro afirmou também que irá recorrer da decisão judicial que derrubou decreto que permitia funcionamento de lotéricas. "(A pessoa) vai ter que mudar de cidade para pagar o boleto, para receber seu dinheiro do Bolsa Família. Derrubaram e vou ter que recorrer. Vamos começar agora uma guerra de liminares", afirmou.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa. Ligue já ou envie mensagem pelo WhatsApp: (22) 99933-2196.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.