Assine Já
domingo, 24 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
baleias

Baleias dão um show no inverno de Arraial do Cabo

Biólogo diz que grande incidência de mamíferos na costa cabista é para reprodução

04 agosto 2017 - 18h00Por Texto: Rodrigo Branco | Foto: Piratas do Caribe
Baleias dão um show no inverno de Arraial do Cabo

Quem trabalha no mar de Arraial do Cabo já percebeu que, pelo menos há um mês, ele está para baleia. Desde o começo de julho, os enormes mamíferos, que medem até 16 metros de comprimento, têm aparecido com frequência na costa cabista. Para a alegria dos turistas que estiveram na cidade durante as férias e dos tripulantes das embarcações, elas se exibem para as máquinas fotográficas e os celulares, o que resulta em postagens sempre muito curtidas e compartilhadas nas redes sociais. 

Segundo o biólogo Luiz Teixeira, a grande incidência dos cetáceos no litoral de Arraial no atual período é por causa do ciclo de reprodução da espécie. 
– É o período de reprodução desses bichos. Depois eles migram para o polo, onde vão encontrar mais alimento. Ali sempre foi uma rota deles, mas tem um período em que isso acontece com mais frequência – explica o estudioso.

Experiente profissional do mar, o mergulhador Jorge Luiz de Paula, o Jorginho Mergulhador, arrisca outra tese. Para ele, as baleias surgem em maior número nesta época para alimentar-se de lulas que, segundo Jorginho, também estão em maior abundância. Mas ele nega que a presença das ‘gigantes do mar’ ofereça risco aos barcos.

– Elas ficam mais ‘para fora’, no mar gelado, onde estão as lulas. O perigo que há é de se chocar um barco com o outro, como aconteceu um tempo atrás por causa de tentar chegar perto do animal para tirar foto – avisa Jorginho.

O biólogo endossa a hipótese do mergulhador, uma vez que não tem uma conclusão sobre o assunto.

– Ali é um local onde a pesca é muito interessante pela nutrição da água marinha, por causa do fenômeno da Ressurgência – diz Luiz Teixeira.

De todo modo, o dono de barco Junior Aroldo avisa que o espetáculo das baleias não é ‘solo’. 

– Todo dia meus marinheiros têm visto. Mas não é só baleia, tem golfinho também. Dia desses, um entrou dentro da Ilha do Boqueirão. Os turistas ficam doidos quando veem. Tem vezes que ficam muito próximos. De 500 a 800 metros da gruta, mas elas não ficam na nossa rota – relata o barqueiro.

Fotógrafo conhecido na cidade, Jorge Porto, relata que demorou a conseguir focalizá-las, mas que quando conseguiu, o resultado foi impactante.

– No ano passado, elas ficaram mais de dois meses. Agora, de novo. Acho que elas gostam de Arraial. É encantador mesmo. Um negócio muito legal – comenta.