Assine Já
segunda, 06 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53752 Óbitos: 2196
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15618 902
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7054 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
MEDICINA E OUTROS CURSOS

Avanço nas conversas deixa UERJ mais perto de Cabo Frio

Sonho antigo da região, campus da universidade estadual pode ser instalado ainda este ano

13 fevereiro 2021 - 13h34Por Redação

Desejo acalentado há muitos anos em Cabo Frio e na Região dos Lagos, a instalação de um campus da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) pode ocorrer ainda este ano, de acordo com a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI). O otimismo vem do resultado de uma reunião do secretário Sérgio Azevedo, o Doutor Serginho, com o reitor da universidade, Ricardo Lodi Ribeiro; o diretor da faculdade de Medicina, Mário Fritsch; e outras autoridades acadêmicas da instituição, que deixou encaminhada a empreitada.

Em um encontro inicial, o secretário já havia pedido aos dirigentes um estudo para a viabilidade da instalação de uma unidade para atender a região, nas cadeiras de Medicina e de outros cursos, sob o argumento de beneficiar os estudantes de Cabo Frio e das cidades vizinhas. A resposta dada em uma reunião no último dia 9 foi animadora e o planejamento é avançar na concretização do projeto já depois do período de recesso carnavalesco.

– Tivemos o retorno do reitor com todo o corpo técnico da faculdade de Medicina e da universidade como um todo, nos dando uma resposta favorável à instalação do campus. Temos que correr para resolver uma série de burocracias estruturais para a instalação do campus, mas o mais importante é a sinalização positiva da UERJ que tivemos. Essa é uma parceria da secretaria com a UERJ. A gente vai dar o retorno das estruturas necessárias para montar os cursos e, logo após o Carnaval, a gente já  alinha um plano de trabalho e um plano de aplicação financeira para que isso aconteça ainda esse ano – explica Serginho.

Aliás, sobre o dinheiro, o titular da pasta da Ciência e da Tecnologia para o estado do Rio garante que há orçamento destinado para a implantação dos cursos públicos de ensino superior em Cabo Frio. O custo ainda não está definido, pois depende da quantidade de cursos que serão oferecidos e da estrutura material necessária. Um ponto positivo é que não será necessário erguer as instalações do zero, pois serão usados imóveis do Governo do Estado em Cabo Frio. 

– Os espaços serão disponibilizados pela própria secretaria em prédios estaduais, com um investimento próprio da SECTI em infraestrutura predial. Nesse caso, não haverá participação da prefeitura. [O custo da implantação] Vai depender dos cursos e da quantidade de docentes necessários. O plano de aplicação financeira terá uma projeção de longo prazo, uma vez que os custos vão aumentando com a quantidade de turmas e períodos que serão abertos. As definições de investimento se darão com a escolha dos cursos que se dará no pós-Carnaval – esclarece Serginho.

O anseio de trazer uma nova instituição de ensino superior para a região não é de hoje. O tema já foi assunto até do projeto Cidade Viva, fórum de debates promovido pela Folha entre 2017 e 2018. Atualmente, os cursos de Ensino Superior em Cabo Frio são oferecidos por instituições particulares e pelo Instituto Federal Fluminense (IFF), próximo à entrada de Búzios. 

Em nota, a Reitoria da UERJ limitou-se a dizer que ainda está em tratativas sobre a implantação desse novo campus em Cabo Frio. E que,  no momento, seguem as negociações junto à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia para a realização do projeto.

Pólo Tecnológico também está prestes a sair do papel

Além da chance de brevemente ganhar um campus da UERJ, a região também está prestes a ver sair do papel um Centro Tecnológico, fruto de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura. 

De acordo com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, a unidade funcionará num prédio moderno e sustentável, que abrigará o ensino profissionalizante da Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica), o ensino a distância da plataforma Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro) e cursos de inovação e tecnologia da Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro).

A perspectiva é que os módulos do Centro Tecnológico de Cabo Frio sejam licitados já depois do Carnaval. E que o andamento da obra ocorra em cerca de 8 meses. Ainda segundo o secretário, o local será um importante polo de fomento às startups.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.