Assine Já
segunda, 06 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53752 Óbitos: 2196
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15618 902
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7054 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
Repartição

Atrasos nos aluguéis podem fechar repartições municipais de Cabo Frio

Somente dívida da secretaria da Mulher, em Tamoios, soma R$ 31.560

12 novembro 2015 - 09h24Por Nicia Carvalho

A onda de dificuldades finan­ceiras pela qual passa a Prefei­tura de Cabo Frio parece longe do fim. Com inúmeros atrasos nas contas municipais, seja com salários de funcionários ou de prestadores de serviço, a maré de débitos também pode cau­sar o fechamento de repartições municipais, como a Secretaria da Mulher do Segundo Distrito, em Unamar. De janeiro a outu­bro são R$ 31.560 de atraso no aluguel. O proprietário afirma que não quer renovar o contrato e exige o imóvel de volta.

Também sem receber pela lo­cação se encontram os proprie­tários das sedes da Secretaria da Mulher do primeiro distrito e dos dois imóveis do Conselho Tute­lar de Tamoios.

– A Prefeitura diz que quer renovar, mas sem reajuste, e não posso. Além do mais, como vou fazer novo contrato se não me pagam os atrasados? Saí para morar em outro lugar e vivo pre­cariamente porque o dinheiro não vem. São mais despesas e aborrecimentos. Quero minha casa de volta – desabafou o aposentado Walneido do Carmo, 62.

Segundo ele, a correção pela tabela da Fundação Getúlio Var­gas (FGV) passaria o valor do aluguel para R$ 3.396, mas, há pelo menos seis meses, Walnei­do tenta diálogo com a Secreta­ria. No entanto, a cada momento “existe uma justificativa para o cancelamento”. Além disso, ele afirmou que a manutenção exter­na da casa não é feita, e o terreno em que fica o imóvel já acumula mato e caramujos africanos.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quinta-feira (12)