Assine Já
terça, 27 de julho de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 45921 Óbitos: 1853
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12520 751
Iguaba Grande 4746 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4166 218
Últimas notícias sobre a COVID-19
"VIDAS NEGRAS IMPORTAM"

Ato contra o racismo acontece na Praça Porto Rocha nesta terça-feira

Cerca de cem pessoas fazem protesto no Centro de Cabo Frio após mortes violentas de negros no Brasil e nos Estados Unidos

02 junho 2020 - 16h35Por Redação

Um grupo de aproximadamente cem pessoas faz uma manifestação contra o racismo na Praça Porto Rocha, no centro de Cabo Frio, na tarde desta terça-feira (2). O ato denominado ‘Vidas Negras Importam’ foi convocado por integrantes do Movimento Negro e também, por coletivos, associações de mulheres e estudantes.

A manifestação ocorre de forma pacífica e sem incidentes. Os manifestantes usam máscaras e mantêm a distância entre eles para se prevenir contra o coronavírus.

O protesto na Região dos Lagos acontece na esteira de manifestações antirracistas realizadas nos últimos dias nos Estados Unidos e no Brasil, como a ocorrida em frente ao Palácio Guanabara, no Rio, no último domingo (31).

O protesto lembra as mortes violentas de negros por policiais, como a do estudante João Pedro Mattos, de 14 anos, morto com tiros de fuzil, quando brincava em casa, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no último dia 18; e da menina Agatha Félix, de oito anos, morta durante ação policial no Complexo do Alemão, em setembro do ano passado.

Nos Estados Unidos, a morte de George Floyd, asfixiado pelo policial branco Derek Chauvin, no estado de Minneapolis, desencadeou uma série de protestos antirracistas pelo país, por causa da violência da polícia contra a população negra.

(*) Outras informações e a cobertura completa do protesto, a qualquer momento no site e na versão impressa da Folha. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.