Assine Já
sexta, 03 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2946 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2946 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 246 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 922 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 32 443 16
Saquarema 9 471 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
buracos asfalto

Atenção: buracos nas pistas de Cabo Frio

Secretaria de Obras faz trabalho diário para consertar as crateras na cidade

27 janeiro 2016 - 09h18
Atenção: buracos nas pistas de Cabo Frio

Em tempos de crise, há de se ter fé – e muita atenção. Quem sabe bem disso são os motoristas, que têm o desafio diário de driblar o milagre da multiplicação dos buracos em Cabo Frio. Na Rua Nossa Senhora da Aparecida, entre a Marrocos e a Getúlio Vargas, ponto de partida da reportagem da Folha, o condutor tem de fazer um verdadeiro ziguezague para escapar das crateras: são nada menos do que oito buracos. O cenário é parecido em diversos pontos da cidade.
É buraco que não acaba mais. E o rali continua na Alexis Novellino, entre a Gustavo Beranger e Mário Quintanilha, na Vila Nova, onde foram contados quatro buracos. O vendedor Wellington Silva escuta os barulhos na hora em que os carros passam.
– Desde a semana passada que a rua está nesse estado. E ninguém chega aqui para consertar. Nunca vi nenhum carro ser danificado pelos buracos, mas os barulhos são bem altos – comenta.
Uma das ruas mais afetadas é a Maestro Braz Guimarães, onde fica a comunidade Murubá, na Vila Nova. Além dos constantes alagamentos em dias de chuva, os moradores sofriam com um quebra-mola quebrado. O bombeiro hidráulico Francisco Rodrigues chegou a ver um cano de descarga arrancado anteontem.
– Ontem (anteontem), um carro passou por aqui e teve o cano de descarga arrancado. O dono ficou muito bravo, mas não tinha como fazer nada. Já vieram consertar, mas pegaram areia do campinho abandonado para colar as pedras. Não adianta nada.
Coincidentemente, funcionários da Secretaria de Obras compareceram ao local pouco depois. O supervisor-geral Paulo César Berbat confirmou que os funcionários estão empenhados na operação tapa-buracos.
– Estamos fazendo diariamente um trabalho de tapar os buracos da cidade. Sabemos como está a situação. Hoje, fizemos trabalhos na Praia do Siqueira, na Rua do Hotel Joalpa e agora aqui no Murubá. Nós, da Secretaria de Obras, ouvimos reclamações e vamos verificar e atender os pedidos dos moradores. Obviamente, o próprio pessoal da secretaria também nos avisa sobre quais são as ruas mais precárias – comenta.

*Leia a matéria completa na edição impressa da Folha dos Lagos desta quarta-feira.