Assine Já
quarta, 20 de outubro de 2021
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
REVÉILLON

Associação Comercial de Búzios faz campanha de prevenção e conscientização durante alta temporada

Campanha já está em cartaz em pontos estratégicos da cidade

28 dezembro 2020 - 10h43Por Redação
Associação Comercial de Búzios faz campanha de prevenção e conscientização durante alta temporada

A Associação Comercial e Empresarial de Búzios (Aceb) realiza uma campanha de prevenção e conscientização focada no turista durante o período da alta temporada. De acordo com a Aceb, o período de maior movimento promete ser entre os dias 30 de dezembro e 4 de janeiro de 2021. A campanha já está em cartaz em pontos estratégicos da cidade.

A mensagem de conscientização “Aceb e você: por uma Búzios Segura” está sendo levada aos turistas como público-alvo prioritário através das redes sociais, além de faixas e outdoors espalhados em locais de maior fluxo.

 Além do público final, a campanha também envolve toda a estrutura de receptivo, incluindo postos de gasolina, hotéis, barqueiros, táxis, bares, restaurantes e lojas, que ganharam um adesivo alertando para os protocolos de prevenção. 

Através de seu site oficial e redes sociais, a Prefeitura de Búzios vem realizando o esclarecimento de mitos e verdades sobre o funcionamento da cidade, para tranquilizar os turistas que escolheram o balneário para este fim de ano e para o verão.

 – Hotéis, comércio, bares e restaurantes estão totalmente adaptados e seguindo todos os protocolos de prevenção para garantir a segurança dos frequentadores e colaboradores, além de atender às exigências dos órgãos reguladores. Mas isso de nada adianta se os visitantes não fizerem a sua parte. Por isso, queremos conscientizar os turistas para o respeito ao distanciamento, a disciplina no uso correto das máscaras e a constante higienização das mãos, para que a retomada do turismo seja sustentável e Búzios possa continuar encantando a todos com sua beleza e hospitalidade. Precisamos levar esta mensagem ao maior número de pessoas –, explica Rodrigo Sobral, vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Búzios. 

A cidade segue aberta para o turismo, seguindo o Decreto Municipal 1.536/2020, de 21 de dezembro, que autoriza ocupação máxima de 50% nos estabelecimentos comerciais, além de 50% nos hotéis durante a semana e 70% nos finais de semana, com a entrada de turistas mediante apresentação de QR Code. As praias estão liberadas para banho e atividades esportivas. 

Aqueles que irão viajar para a cidade devem ficar atento às orientações de prevenção: 

  • O uso de máscara é obrigatório em espaços públicos (incluindo as praias, que estão liberadas) e privados de acesso ao público. A multa para quem infringir a regra é de R$ 700;
  • Hotéis, pousadas e demais meios de hospedagem podem trabalhar com 50% de sua capacidade máxima nos dias úteis e com 70% da capacidade aos sábados, domingos e feriados;
  • Para ter acesso ao município e passar pelas barreiras sanitárias que se encontram nas entradas da cidade, o visitante deve apresentar o QRCode emitido pelos meios de hospedagem, bares e restaurantes, agências de turismo, imobiliária e serviços essenciais;
  • Restaurantes, bares, supermercados, mercados e quiosques de praia podem abrir, mas devem operar com a redução de 50% de sua capacidade máxima;
  • Escunas, catamarãs e táxis aquáticos, assim como veículos de cooperativas municipais e veículos de transporte intermunicipal, também deverão funcionar com a capacidade reduzida em 50%;
  • Em todos os locais deverá ser disponibilizado álcool 70% para clientes e mantido o distanciamento social;
  • Proibida a realização de eventos públicos e privados na cidade: festas, shows e eventos privados com a cobrança de ingressos.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.