Assine Já
segunda, 18 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 14959 Óbitos: 590
Confirmados Óbitos
Araruama 3054 135
Armação dos Búzios 2159 24
Arraial do Cabo 525 22
Cabo Frio 4004 184
Iguaba Grande 1338 43
São Pedro da Aldeia 2213 81
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
MOMENTO INOPORTUNO

Associação Comercial de Búzios critica obra na Rua das Pedras durante retomada econômica

Trabalho está previsto para começar em setembro e terminar em janeiro de 2021

14 agosto 2020 - 20h19Por Julian Viana

A Associação Comercial e Empresarial de Armação dos Búzios (Aceb) está na bronca depois que a Prefeitura Municipal abriu um edital de licitação para a realização de uma obra na famosa Rua das Pedras durante o período de retomada econômica. A obra está prevista para começar no próximo dia 15 de setembro e tem previsão de término para 15 de janeiro de 2021.

– Vale deixar claro que nós, os comerciantes e empresários, queremos que a obra na rua seja feita, mas não agora. Ficamos cinco meses parados por conta dessa situação de pandemia do novo coronavírus. Não tem cabimento uma obra ser realizada durante o período que temos para nos reerguer – lamenta o vice-presidente da Aceb, Rodrigo Sobral.

Ele conta que a reforma na Rua das Pedras é algo que já vem sendo solicitado há anos. No início da pandemia, por exemplo, os comerciantes e empresários do município protocolaram uma série de medidas, mas nada foi feito. Ainda de acordo com o vice-presidente, o período de retomada econômica começa em outubro e vai até dezembro. 

Após a reabertura econômica no município, o movimento no local aumentou e, por esse motivo, o representante do segmento empresarial questiona o motivo de começar uma obra no momento em que a economia local tenta se recuperar.

 – Não faz o menor sentido: em plena retomada econômica e no início de verão – desabafa.

Sobral sugere que a obra comece a partir de maio do ano que vem. Segundo ele, antes do inicio da pandemia, a associação chegou solicitar à Prefeitura que a obra fosse feita durante o período de baixa temporada. “Juntamos a baixa temporada com a pandemia, mas não tivemos uma resposta de imediato”, conta.

Ainda de acordo com o vice-presidente, a Aceb aguarda um posicionamento da Prefeitura, mas caso ela não se pronuncie, a organização irá protocolar um ofício solicitando para que a obra não seja realizada. 

A Folha entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Búzios, e o órgão disse que não irá comentar sobre o assunto.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.