Assine Já
segunda, 26 de julho de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 45921 Óbitos: 1853
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12520 751
Iguaba Grande 4746 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4166 218
Últimas notícias sobre a COVID-19
LEVANTAMENTO SOCIAL

Assistência Social de Iguaba Grande cria canal para identificar famílias afetadas pelo coronavírus

Objetivo é identificar quem está em situação de vulnerabilidade temporária mas ainda não foi atendido com distribuição de cestas básicas

18 abril 2020 - 13h54Por Redação
Assistência Social de Iguaba Grande cria canal para identificar famílias afetadas pelo coronavírus

A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Renda de Iguaba Grande criou um canal on-line para cadastrar famílias que estejam em situação de vulnerabilidade por causa do coronavírus. O objetivo é identificar quem ainda não foi atendido com distribuição de cestas básicas. O levantamento será realizado até quarta-feira (22) e pode ser acessado pelo link http://abre.ai/cadastrocovid19.

De acordo com a secretária Cláudia Souza, em pouco mais de um mês de isolamento social no município cerca de 400 cestas básicas já foram distribuídas dentro dos critérios da Lei de Benefícios Eventuais do Sistema Único de Assistência Social. E na próxima semana uma nova remessa será entregue. "Além disso, adquirimos mais 3 mil cestas básicas, todas com itens de higiene, onde pretendemos beneficiar também as famílias que estão fazendo o cadastro online. Importante lembrar que essas pessoas precisam comprovar a situação de vulnerabilidade, por isso nossa equipe técnica vai visitar todos que estão se cadastrando para verificar se estão enquadrados nos critérios da Lei de Benefícios Eventuais, um tipo de proteção social que se caracteriza por sua oferta de natureza temporária para prevenir e enfrentar situações provisórias de vulnerabilidade decorrentes ou agravadas por nascimentos, mortes, vulnerabilidades temporárias e calamidades, como a que estamos vivendo agora por causa do coronavírus", explicou a secretária.

Para ampliar ainda mais esta ajuda, além de adquirir cestas básicas, a Prefeitura, através das Secretarias de Turismo, e de Segurança e Ordem Pública, também estão arrecadando alimentos. A primeira colocou à disposição como ponto de coleta a sede da Academia Popular, localizada na Rodovia Amaral Peixoto, bairro Cidade Nova. "Na verdade, a academia sempre teve esse projeto de arrecadação de alimentos junto aos alunos, mas foi paralisado devido à suspensão das aulas por causa do coronavírus. Devido ao aumento do número de famílias em situação de vulnerabilidade temporária, decidimos voltar com a ação, fazendo com que a Secretaria de Assistência Social consiga ajudar ainda mais pessoas através da Lei de Benefícios Eventuais", explicou a secretária de Turismo, Carla Cristina Alves, lembrando que o espaço estará aberto para receber doações de segunda a sexta (exceto feriados), das 8 às 16 horas.

Já a Secretaria de Segurança e Ordem Pública colocou sua sede como ponto de coleta através do projeto Anjos da Guarda, desenvolvido pela Guarda Municipal. "Como estamos nas ruas somos sempre abordados por pessoas querendo saber como doar alimentos para ajudar quem está em situação de vulnerabilidade por causa do coronavírus. Então reativamos o projeto Anjos da Guarda, com as primeiras doações feitas pelos próprios membros da corporação, e agora também estamos abertos para virar ponto de coleta para essas pessoas que querem ajudar", explicou o comandante da Guarda Municipal de Iguaba Grande, Allen Alves. A sede da Secretaria fica na Rodovia Amaral Peixoto, Centro.

 

 
 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.