Assine Já
quinta, 09 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 301 Confirmados: 3282 Óbitos: 191
Suspeitos: 301 Confirmados: 3282 Óbitos: 191
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 270 654 41
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 2 517 19
Saquarema 7 528 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
turismo

Arraial promove programa ‘Cama e Café’

Sistema de hospedagem doméstica é muito comum na Europa

02 julho 2015 - 09h47

Turistas de todos os cantos do mundo admiram as belas paisagens das praias de Arraial. E o lindo nascer do sol que desponta do horizonte ainda é acompanhado por uma saborosa refeição. Isso porque o ‘Cama e Café’ chega para agradar hóspedes e visitantes na cidade. O projeto oferece um turismo para promover o encontro entre cabistas e estrangeiros.


De acordo com o secretário da pasta, Marcos Simas (foto), o ‘Cama e Café’ é uma maneira alternativa de turismo, que aproxima o moradores e o hóspede com muito mais eficiência.


– Uma capacitação foi dada para alguns moradores. O projeto quis se integrar a Arraial e estão fazendo o cadastro correto na página. Algumas exigências são feitas: a casa precisa de até três quartos ociosos, por exemplo. O objetivo é o hóspede conhecer a cultural local, almoçar em restaurantes. O turista mais forte nesse projeto é o europeu, que é mais acostumado a esse tipo de hospedagem. E são turistas que quase não temos na cidade. É um turismo considerado extra hoteleiro. É bem mais alternativo e foge do convencional. A interação do turista com o morador é maior também.


Marco Simas ainda aproveitou o ‘Cama e Café’ para divulgação do próprio município. Arraial do Cabo será a primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro – após a capital, é claro – a participar do projeto.


– Tem uma página de Arraial do Cabo dentro do site do Cama e Café. Fotos lindas de Arraial chamam bastante atenção dos turistas. É um projeto que já tem força no Rio de Janeiro. Ou seja, há como os turistas da capital passarem uma tarde em Arraial ou em outras cidades da região, que é muito próxima da capital. Além disso, – comenta o secretário, que está animado com a realização do ‘Cama e Café’.


A artesã Noemia Brasil aproveitou para divulgar não só as belezas de Arraial do Cabo, mas de toda a região. Ela considera o projeto importantíssimo para todos os municípios, que têm inúmeras belezas naturais para os turistas apreciarem. Ela levou, inclusive, alguns hóspedes para Cabo Frio e Armação dos Búzios. O resultado: eles ficaram encantados com as praias.


– Não falo inglês muito bem, mas consigo me virar muito bem com os meus hóspedes. É um turismo diferenciado, de fato. Tenho raízes em Cabo Frio, portanto, levei os estrangeiros para conhecer a Praia do Forte, é claro. E eles ficaram maravilhados. Também fiz um passeio em Armação dos Búzios. Aliás, a nossa região tem potencial para encantar qualquer turista. Um passeio que também é imperdível é andar de barco pelas praias daqui de Arraial.
Noemia também aproveita para divulgar o próprio trabalho para os hóspedes. E o interesse dos turistas pelo artesanato tem sido equivalente à recepção que eles recebem na cidade. Pelo menos é o que ela garante.


– Trabalho com artesanato e com joalheria, com produtos de prata e até de ouro. Já hospedei casais chilenos, argentinos, estadunidenses e consegui vender em todas as ocasiões. É um projeto que acrescenta muito tanto para Arraial do Cabo como para toda a Região dos Lagos. É bom para quem aluga barco, para os comerciantes da cidade.


E a artesã, ao que tudo indica, pretende repetir a dose. Ela ressalta a importância do encontro cultural como um dos fatores mais importantes para a população cabista.


– Acaba sendo proveitoso para todo mundo: hóspedes, que desfrutam da nossa maravilhosa região, e cabistas. O encontro cultural é realmente muito legal – comemora a artesã, com a certeza de que pretende receber mais turistas em sua casa.